8 de out de 2015
Por Nathália Bastos

Nova Séries Televisivas/ Críticas e Opiniões

Olá galera, tudo bem com vocês? Outubro chegou chegando e com elas vieram às voltas das séries mais aguardadas e também vieram as novas séries. Hoje estou aqui para falar um pouco e dar minha opinião sobre essas novas séries, alguns me surpreenderam na Premiere já outras... Vamos direto ao assunto né: 



Título: Blindspot
Gênero: Policial
Ano: 2015
Sinopse: Produzida por Greg Berlanti (Arrow, Flash, Mysteries of Laura), a série acompanha uma vasta trama internacional que explode quando uma mulher desconhecida aparece nua na Times Square, completamente coberta por misteriosas e complexas tatuagens, sem memória de quem é e de como chegou ali. No entanto, um nome se destaca em meio a todos os desenhos: o do agente do FBI Kurt Weller. Logo, eles descobrem que cada marca no corpo de “Jane” é um crime a se resolver, o que os levará para mais perto da resolução dos mistérios, incluindo a identidade da desconhecida. 

Adorei a série, ainda no primeiro episódio ele prendeu bastante a minha atenção. A série é sempre cheia de muita ação e suspense. Ainda no primeiro episódio da série vemos um grande suspense em volta da personagem principal que acorda do nada e não tem nenhuma lembrança da sua vida e ainda por cima ver seu corpo completamente coberto de tatuagens e o que mais destaca é o nome do agente do FBI Kurt Weller. Durantes os episódios (foram 3 episódio até agora) vamos descobrindo um pouco mais sobre essas tatuagens e sobre a identidade de "Jane", tem um pouco de emoção na série também, já vi que terá um foco bem intenso entre os personagens principais. Bom, vale muito a pena adicionar essa série na "grade curricular", acredito que terá muito mas suspense por aí, e em breve ela será exibida no canal Warney, mas para aqueles que não esperam, ela é exibida na segunda-feira no canal dos EUA.

Título: Limitless
Gênero: Policial/Ficção Científica
Ano: 2015
Sinopse: A história tem início do ponto onde o filme (Sem Limites) encerrou. Brian Sinclair (Jake McDorman, de Manhattan Love Story), escritor que, através de uma misteriosa droga conseguiu acessar 100% de sua habilidade cerebral, é coagido a utilizar seu poder para o FBI solucionar casos em aberto. Ele passa a trabalhar com Rebecca (Jennifer Carpenter, de Dexter), uma agente que subiu rapidamente de posto dentro da agência mas, apesar das realizações profissionais, ainda não conseguiu lidar com seu passado; com Boyle (Hill Harper, de CSI: NY), ex-militar que agora trabalha com o FBI testando os efeitos do NZT no agente; e com Nasreen Awad (Mary Elizabeth Mastrantonio, de Law & Order: CI, Grimm), mais conhecida como Naz, uma ex-promotora pública que se uniu ao FBI há algumas décadas e agora atua como agente especial encarregada da divisão que investiga os efeitos do NZT.

Lembram daquele filme em que um cara toma uma droga e logo ele fica "ligadão" e super inteligente? Pois é, essa série é praticamente a continuação deste filme (Sem Limite) onde o personagem Brian é praticamente um fracasso em pessoa até que um dia um amigo a oferece um "remédio" que o ajudará a melhorar seu desempenho. O primeiro episódio é extremamente carregado de muita ação, pois da mesma forma que aconteceu no começo do filme também acontece na série, seu amigo é assassinado e Brian é caçado e ainda suspeito pelo assassinato, no decorrer dos episódios vamos descobrindo mais sobre a finalidade da tal droga e com isso Brian é meio que "recrutado" para o FBI. Super indico a série, além de muita ação também é bastante carregada de humor, o que me fez gostar ainda mais. Ainda não tenho informação se será transmitido em algum canal fechado no Brasil, mas ela é exibida nos EUA as terças-feiras.



Título: Quantico
Gênero: Policial
Ano: 2015
Sinopse: Um grupo bastante diversificado de recrutas chegam à base do FBI em Quântico para serem treinados. Eles são os melhores, mais brilhantes e mais testados, então parece impossível que um deles seja suspeito de ser a grande mente por trás do maior ataque a Nova York desde 11 de setembro.
Ainda estou tentando entender essa série, não prendeu muita a minha atenção não. A série é sobre um grupo de pessoas que tentam entrar para o FBI, mas parece que um deles é terrorista e está ligado ao atentado do 11 de Setembro. A série começa em 2 tempos, mostrando quando esses grupos entram na Academia e a atualidade onde já acontece um novo atentado. Neste novo atentado ele tem um suspeito, uma garota bastante inteligente chamada Alex Wiver, no qual ela passa os episódios (foram 2 até agora) tentando provar sua inocência. Como disse não me agradou muito, achei-a um pouco confuso e sem contar dos conflitos emocionais entre os personagens. A série será exibida também no canal Warney, mas é exibida as terças-feiras nos EUA.




Título: Heroes Reborn
Gênero: Ficção Científica
Ano: 2015
Sinopse: A saga por trás da série de sucesso Heroes continuará com o retorno do criador Tim Kring para novas aventuras dos super-heróis. Esse desde já aguardado retorno, na forma de uma minissérie com 13 episódios, se reconectará com os elementos básicos da primeira temporada da série, em que pessoas comuns um dia acordam e descobrem ter habilidades extraordinárias. Heroes Reborn será sucedida de uma nova websérie, que vai introduzir para o público os novos personagens e enredos que levará Heroes para novos lugares.

A série parece dar continuidade a outra série Heroes, cinco anos depois, em Heroes Reborn os seres humanos e Evos (abreviação para o termo “evoluídos”) encontram uma maneira de coexistir em relativa paz, apesar de alguns opositores. Durante um evento em Odessa, Texas, que celebra essa cohabitação, no entanto, um ataque terrorista muda tudo e mais uma vez os Evos são forçados a se esconderem. Gostei bastante da série, não assisti a série anterior, mas também não fiquei perdida, posso dizer que fiquei um pouco "confusa" pois os acontecimentos são bem rápidos, mas vale a pena ver, se você já assistiu a série anterior tenho certeza que você que irá gostar desta, parece que ainda teremos muitas novidade no decorrer da série, sei que alguns dos personagens antigos irão retornar, agora só não sei se esta série estará com um futuro bem promissor. Sua exibição nos EUA é as quintas-feiras.


Título: Scream Queens
Gênero: Suspense
Ano: 2015
Sinopse: A Universidade Wallace é abalada por uma série de assassinatos. A Kappa House, a fraternidade mais cobiçada do campus, é governada com mão de ferro (e luva cor-de-rosa) por sua Rainha “Bitch” Chanel Oberlin (Emma Roberts). Quando a ex-Kappa Reitoria Munsch (Jamie Lee Curtis) decreta que todos os alunos do campus podem se inscrever para participar da fraternidade, a universidade vira um inferno, como um assassino vestido de diabo causando estragos, fazendo uma vítima a cada episódio. Scream Queens é uma visão moderna para o formato clássico de suspense em que se tenta descobrir quem é o assassino, no qual todo personagem tem algum motivo para matar, ao mesmo tempo em que pode se tornar a próxima vítima encharcada de sangue.
Bom, vou ser bem sincera, não me agradou, odiei na verdade, achei essa série bem parecida com o filme "Todo o Mundo em Pânico" e com isso achei bem clichê. Girando em torno dos universitários, fraternidades onde todos querem se enturmar, como sempre, mostra uma garota patricinha vilã e outra que a mocinha e por aí vai, já começa com matança, onde todos são suspeitos. Não gostei nada que não agüentei ver até o final do primeiro episódio, o  público deve ser o mesmo da série Pretty Little Liar pois existem semelhanças entres elas.


Bom galera, eu espero que vocês tenham gostado das indicações e críticas das séries, só lembrando, aqui está minha opinião, mas se você gostou de alguma dessas e incluiu na sua lista nos conte o que achou!! 
                    

Post feito pela Nathy.


Deixe aqui seus comentários e opiniões 

Comentários via Facebook

0 comentários:

Postar um comentário

Veja os antigos!

© Biblioteca Lecture • Desenvolvimento com por