Título: Sigrid - A Princesa Atrapalhada
Autora: Manu Saraiva
Gênero: Fantasia/Infantil
Editora: Sekhmet
Páginas: 82
Avaliação: 5/5💕
Sinopse: Imagine uma princesa linda...
Graciosa...
Encantadora...
Caprichosa...
Agora imagine uma que passe longe de tudo isso.
Imaginou?

Pois é, essa é Sigrid, a habitante mais famosa do pequeno reino de Esker que, ao lado de sua fiel escudeira, Filó, vai aprontar uma verdadeira confusão real. 


Uma Princesa amiga de uma Bruxa, uma Princesa atrapalhada que não quer de jeito nenhum casar e fará de tudo para adiar isso, mas, não sem aprontar algumas 😃

Pensa em um livo tão fofinho, mas tão fofinho de ler e divertido!! Sigrid é tão gente como a gente e mega encantadora, pode ser um livro infantil, mas creio que qualquer um pode ler e vai amar e se identificar, ah e seu final, juro, juro que terminei com sorriso de orelha a orelha. 

Sigrid é uma princesa da província de Esker, mas, ela não é aquela princesa como as outras, engana-se quem pensa que ela é uma "dama", a diferença é que Sigrid é tão energética e isso faz com que meio que assuste um pouco a sociedade, enquanto outras princesas ficam aprendendo a como se comportar, a costurar, a estudar etiqueta, Sigrid é totalmente ao contrário disso, ela adora uma verdadeira farra, isso mesmo, ela adora subir em árvores, andar pelo reino com sua cabra Filó e sempre aprontando e o melhor, sempre se atrapalhando em tudo e saindo machucada, as vezes.
Entretanto, mesmo estabanada, a menina era feliz e, como não tinha irmãos ou irmãs, arrumava diversão em tudo.

Comentários via Facebook

Título: Assim Como És
Autora: Naiara Aimee
Gênero: Conto/Romance de Época
Editora: Independente/Amazon
Páginas: 85
Avaliação: 5/5
Sinopse: Rebecca Kingsbury é uma moça gentil, doce, determinada e de aparência comum... só tem um pequeno problema. Ela é gaga. Mas isso não a impede de ser feliz, porém Rebecca nutre um sentimento de aversão por Henry Ashford que, doze anos atrás, a fizera se sentir extremamente humilhada. Será que agora, quando todos acreditam que ele se casará com sua irmã Rosamund, que é muito apaixonada por ele, ela o perdoará e acabará esquecendo sua antipatia por amor à irmã?
Esse é um conto cheio de surpresas e reviravoltas que irá mexer com o seu coração.


- Se você deixar que as pessoas façam a sua vida triste, assim ela realmente será.

Achei mais uma autora que agora mora no meu coração, Naiara é sensacional e  possui uma escrita tão leve e ao mesmo tempo intensa que é capaz de tocá-la diretamente a alma. E hoje trago a resenha de seu novo conto ( na verdade já existia kkk), agora lançado no Amazon.com e decidi dar uma atenção um pouco mais especial a ele porque fui tocada e preenchida por uma carinho tão grande por essa história, e antes de começar, já quero recomendar a leitura, ele não é só emocionante, ele é uma obra que toca naqueles que acham que não tem um potencial por se sentir "limitado" por certas dificuldades. Agora, vem comigo.

Comentários via Facebook

3 de fev de 2018
Por Lizi Reis

DOCUMENTÁRIO / PRETO CONTRA BRANCO

Data de lançamento: 2004
Direção: Wagner Morales
Elenco: Habitantes do bairro de São João Clímaco e da favela de Heliópolis
Gêneros: Documentário
Nacionalidade: SP, Brasil
Distribuidor: Secretaria do Audiovisual do Ministério da Cultura, Fundação Padre Anchieta (TV Cultura) e Associação Brasileira das Emissoras Públicas, Educativas e Culturais (Abepec)
Ano de produção: 2003
Tipo de filme: Documentário

SINOPSE E DETALHES
Uma tradição de mais de 30 anos e praticamente desconhecida na capital paulista é o ponto de partida do documentário Preto contra Branco, que discute o preconceito racial no Brasil usando como referência uma partida tradicional de futebol de várzea com moradores de dois bairros de São Paulo.
Desde 1972, um grupo de moradores do bairro de São João Clímaco e da favela de Heliópolis, na zona sul da capital, organizam um jogo de futebol de brancos contra pretos em um campo de várzea, no final de semana que antecede ao Natal.
Em uma comunidade altamente miscigenada, composta basicamente por mulatos, a peculiaridade da partida é a auto-atribuição da raça pelo participante. Cada jogador se declara negro ou branco e “escolhe seu time”.

A equipe do documentário passou uma semana entrevistando personagens, acompanhando o dia a dia dos bairros, em um processo que culmina no jogo. Trata-se de um verdadeiro ritual, no sentido antropológico, que serve para atenuar as tensões raciais locais ao mesmo tempo em que acaba por revelá-las.

Comentários via Facebook

30 de jan de 2018
Por Nathália Bastos

News/ Novas Parcerias, Lançamentos e Novidades

E a gente termina o mês de Janeiro com chave de ouro, é tanta novidades transbordando por aqui que tenho certeza que vocês irão enlouquecer, então, conheçam as novidades:

Editora Sekhemet é a nossa nova parceira



2018 esta só começando e para o BL esta vindo só coisa boa, além de sermos parceiros da Editora UPBooks, agora somos parceiros da Editora Sekhemet, uma editora nova no mercado com o grande foco na literatura nacional. E é claro que estamos imensamente feliz com essa parceria, e sem contar que a editora vem planejando grandes coisas para esse ano (espero novos lançamentos😁) e nos da equipe do blog também vai estar juntos nessa empreitada, tanto que é bom ficar de olho que logo logo vem resenhar por aí viu.

Conheça o catálogo da editora aqui.

Comentários via Facebook

20 de jan de 2018
Por Duda Conti

Textinhos da Duda | Ela Foi Embora




Comentários via Facebook

17 de jan de 2018
Por Nathália Bastos

Indicando Livros/ Os Melhores do Ano 2017

Heellloouu gente, agora é a minha vez de mostrar aqui os melhores livros que li em 2017, era pra eu ter feito há um tempinho, mas com viagem e programações na igreja, me deixou com o tempo corrido e curto, mas, vamos parar de enrolar aqui e vamos direto ao assunto né.

É tão difícil selecionar os livros que se tornou queridinho pra gente, a lista é sempre grande e em 2017 tive um ano maravilhoso, com novas experiências, novos parceiros, e também, apareci na TV (que vergonha kkk). Em comparação com 2016, ano passado, mesmo em situações ruins, eu fui melhor, vencer a depressão todos os dias, os desânimos e a tristeza não é fácil, mas a gente não para de lutar né, e em 2017 eu li 37 livros, entre eles, contos e livros em e-books, que é algo que dizia que nunca iria ler, mas acabei gostando e me adaptando, então, segue a minha lista aí:

Comentários via Facebook

Título: Tudo o Que Mais Importa
Autora: Naiara Aimee
Gênero: Romance/Cristão
Editora: #UPBooks
Avaliação: 5/5💕
Sinopse: "De um interesse egoísta surge o mais sincero sentimento de amor" 

Logo após a morte da mãe, Edward Radford é levado, pelas circunstâncias impostas, a acolher em sua propriedade as pobres e órfãs irmãs McCarthy. A contragosto ele acaba cedendo, mas não se mostra nem um pouco à vontade com isso. Ao perceber que as irmãs são um incomodo para ele, Jane McCarthy, a mais velha, decide levá-las de volta a Chesterfield. Com essa ameaça iminente e a chance de perder parte de sua herança, Edward é obrigado a traçar novos planos e percebe que para ter as irmãs consigo será necessário conquistar a confiança de Jane, o que irá se mostrar uma tarefa bastante árdua, dado as fortes convicções dela, sua crença inabalável e seu gênio forte.
Esse é um romance de época que envolve não só uma linda história de amor, mas também traz o relato das dificuldades enfrentadas pelas mulheres sem proteção, da pobreza, e da praga que infectou as plantações de batatas no período de 1845 a 1849, deixando um rastro de dor e miséria.


Grave o meu nome no seu coração e no anel que esta no seu dedo. O amor é tão poderoso como a morte; e a paixão é tão forte como a sepultura. O amor e a paixão explodem em chamas e queimam como fogo furioso, Nenhuma quantidade de água pode apagar o amor, e nenhum rio pode afogá-lo. Se alguém quisesse comprar o amor e por ele oferecesse as suas riquezas, receberia somente o desprezo.
Cantares de Salomão 8:6-7 (NTLH)

Es um romance digno, um romance verdadeiro. Pode parecer clichê, porém ele consegue ultrapassar as barreiras, mostrando não somente o amor da forma mais verdadeira, mas acima de tudo, o perdão. Naiara escreveu mais do que um romance, ela incrementou o perdão, o amor de Cristo, a amizade e também a Fé, tudo de forma tão natural e no final, foi uma verdadeira história capaz de tocá diretamente a alma. 

De todo romance cristão de já li, esse conseguiu passar a mensagem de forma tão clara e natural, onde em certos momentos você precisava identificar o que realmente ela quer dizer. Aqui você não verá doutrinação, muito pelo contrário, verá somente a mensagem clara e absoluta sobre o Amor de Cristo de modo que nos tocará profundamente e nos levando a refletir sobre nossas ações, atitudes, sentimentos, as escolhas e o passado. 

Comentários via Facebook

Veja os antigos!

© Biblioteca Lecture • Desenvolvimento com por