30 de ago de 2016
Por Nathália Bastos

Nathy na Bienal do Livro SP


Ei gente, hoje estou aqui para contar tudo a você como foi à Bienal. Foi muito, mas muito bom mesmo, mesmo eu tenha ido apenas um dia, e foi apenas um dia muito bem aproveitado. Andei muito, me divertir, conheci muitos autores lindos, conversei com muitos também, fiquei impressionada com outros (alguns até mesmo desconhecidos) mas o melhor foi a experiência que tive, lembranças boas que ficarão guardadas, e aguardar para a próxima Bienal que será no Rio de Janeiro :)



Autores que Peguei Autógrafos: 

Gente, antes de qualquer coisa, eu fiquei meio desorientada lá dentro kkkkk, sério, lá você fica tão emocionada, tão louca que não sabe para onde quer ir primeiro. Mas eu fui logo para a stand da Galera Record para pegar senha para autografo da minha parceira Ana Beatriz Brandão, pois ela estava lançando seu novo livro, O Garoto do Cachecol Vermelho. Não fiquei muito tempo (ufa), mas quase que não consigo chegar a tempo kkk, mas tudo deu certo, consegui pegar senha, e ainda fui uma das 50 que conseguiu um brinde lindo. 

Logo depois eu fui atrás da stand da Editora Arwen, pois lá tava rolado sessão de autógrafos do Philipper Alencar, autor de Mestre das Cordas e aproveitei o embalo pra conhecer minha outra parceira linda, Letícia Godoy, autora de Deixe-me Entrar, me encantei com ela, é uma amor, me abraçou, conversou comigo, amei demais conhecer ela, assim como também amei conhecer o Philippe (o melhor foi ele lembrar d mim kkkk) ele é muito simpático e bem receptivo, e estou louca pra começar a ler o livro dele. 

Autores que Conheci na Bienal:

Ah, foram tantos kk, mas quero falar de um autor que eu já conhecia a sua obra, o João Gabriel Brene, autor do livro Johnny Bleas. Gente pensa em um cara lindo (sim ele é muito bonito ;)), alto, e super, hiper, mega simpático, todo animado. João Gabriel estava lançando seu segundo livro da trilogia Johnny Bleas na Bienal, mas aproveitei a atenção dele para bater um papo legal com ele, amei demais, ele foi mega animado e paciente para responder minha perguntas, para falar e compartilhar comigo as experiências que ele viveu ao escrever o livro, então amei demais, e sem contar o sotaque dele kkk achei lindo demais o sotaque sulista dele kk

Também conhecei o Daniel Jahchan, autor do livro Guerra das Raças, eu já tinha visto sobre o livro dele nas redes sociais, mas conhecer ele e ouvir ele me falando do livro dele foi muito bom. Agradeço a Jheinis Duarte, do blog Carpe Diem (quem puder deem uma visitada lá) por me apresentar ao autor, adorei também.

E foram muitos outros também que conheci, como a autora Renata Ventura, autora do livro A Arma Escarlate, e muitos outros autores independente divulgando seu próprio livro, fiquei muito admirada ao ver eles alí divulgando seus livros e vendendo, tentando ser um pouquinho conhecido, autores que ficaram emocionado ao autografar seu primeiro livro vendido, é muita emoção mesmo.


O que eu Achei da Bienal:

Achei sensacional, andei muito, mas muito mesmo, tirei muitas fotos, me divertir muito, tinha muitas atrações no qual você podia brincar como aquela pequena trilha no qual divulgava o filme da Disney, Moana, quase que não saia de lá kkk. Conheci muita gente top, conversei com muita gente. 

Mas teve uma parte que eu achei meio ruim, como disse no começo, fiquei um pouco desorientada lá dentro, eles deram um mapa para cada um, mas ele era horrivel (na minha opinião), pois as letras eram muito pequenas no qual você só consegui enxergar se tivesse uma lupa, eu mesmo não consegui acompanhar de jeito nenhum com o mapa, sorte que a Jheinis tava comigo kkkkk

Outra coisa são os preços dos livros, sério gente, se você for para a Bienal achando que vai achar um monte livros por 5, 10, 15 reais você ta sendo enganado. As maiores editoras não tinham livros em promoção, tinha em algumas livrarias como o Submarino e Saraiva e até a Leitura, e alguns sebos que realmente estavam muito mais em conta, alguns sebos tinham livros vendendo por 1 real, outros tinham vendendo 5 livros por 50 reais e por aí vai, mas você ta querendo um livro bem conhecido e achando que lá ta em promoção, isso é ilusão. 

E outra, algumas editoras estavam "ridicando" marcadores, sério gente, fiquei encabulada com isso. Eles colocavam poucos marcadores e alguns até mesmo sem graça, os que eu mais queria só era possível ganhar se você comprar o livro, assim como as ecobag, tava louca pra ganhar uma, mas nem deu né.


Livros que Comprei:

Gente não deu pra eu comprar tudo que queria, minha vontade era comprar no mínimo 10 livros, mas como não tinha muita coisa em conta, acabei comprando somente 4 livros. Fiquei muito triste, pois cheguei num momento que sentia vergonha de falar com algum autor e não poder comprar o livro dele por falta de dinheiro. Só esses 4 livros que comprei eu gastei 100 reais. Isso mesmo!!! 100 reais em 4 livros sendo quem no site da submarinho ou até da Amazon e Americanas você comprava uns 15 livros que daria 100 reais. 

Os livros que comprei foram: O Garoto do Cachecol Vermelho da Ana Beatriz Brandão, O Mestre das Cordas de Philippe Alencar, Deixe-me Entrar da Letícia Godoy e Princesa das Águas da Paula Pimenta.


Dicas para não cometerem erros na Bienal:

Gente, eu quero falar aqui de algumas coisas que vi e também fiz para o mesmo não acontecerem com vocês.

1- Usem roupas bem confortáveis: sério gente, eu vi pessoas lá com saia, com salto alto e tudo o mais, isso te cansa muito se você for andar muito e se você quiser ir em alguns lugares para brincar ou tirar fotos, alguns tipos de roupas te deixam desconfortável né.

2-Lembra-se de comer e beber água: Eu mesmo me esqueci de comer e beber água. Sei que quando a gente entra fica muito emotiva e não sabe o que fazer. Lá dentro é meio calor por conta ser cheio de gente, então se lembrem de beber bastante água e também de comer para repor as energias,

3- Descansem um pouco: É preciso, principalmente se você for passar o dia todo no evento, andar demais cansa, você sentirá muita dores independe do sapato que estiver usando, então faça algumas paradas de no máximo 30 min. a cada 1 ou 2h, assim você poderá aproveitar mais sem ter que ir embora por não agüentar mais andar e perderá um pouco do evento.

4- Levem mochilas ou até mesmo mala para guardar suas compras: Eu fui de mochila, mas ainda assim foi um pouco demais pra mim, pois pesou muito e senti muitas dores nos ombros. Se você for comprar muitos livros, vá de mala, é mais confortável pra você.

5- Levem remédios: Isso mesmo leve remédios pra tudo, para dores, enjôos, asma, rinite, o que for. Vá prevenida, eu senti dores de cabeça forte devido ao cansaço e aos barulhos, dei sorte que tinha levados comprimidos e logo a dor passou, então vá prevenida mesmo.

Gente, mesmo assim eu recomendo que você vá, mesmo que você não tenha condições de sair comprando muitos livros, mas é uma boa oportunidade para você conhecer muitos autores por lá, até mesmo blogueiros. Lá você pode participar de palestras, de bate papos sem precisar pegar senhas, tem muitas atrações para você participar mesmo, esse é o lado bom do evento, tem várias opções para você participar. 

Fui apenas um dia, sai de Goiânia no sábado de madrugada e voltei no domingo de manhã, então mesmo que seja um dia, foi um dia muito bem produtivo aproveitado.

Espero que tenham gostado deste post, foi minha primeira vez na Bienal eu amei a experiência, agora é esperar a Bienal do Rio que já estou começando a providenciar, pois quero ficar mais tempo.

Ah, quem quiser fazer perguntas, tirar algumas dúvidas ou até mesmo uma curiosidade, podem perguntar aqui mesmo nos comentários que irei responder todos ok.

Galeria de Fotos: 

...



Até a próxima, beijos da Nathy.







Post válido para Top Comentarista de Agosto



Comentários via Facebook

21 comentários:

  1. Oi Nathy gostei de saber que você tenha se divertido bastante. Lá no início da postagem percebi sua empolgação. :D
    Acho que o que vale à pena mesmo, é o de ir a Bienal para conhecer os autores. Mas para comprar livros mesmo, não dá!
    Quando fui a bienal do Rio fiquei totalmente perdida,e sem saber o que fazer.rs
    Achei também que indo diretamente as editoras, os livros sairiam por um precinho camarada; Me enganei redondamente!
    Achei suas dicas bem válidas, para as pessoas que forem ao evento.💋
    Ah! Adorei suas fotos!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não só gostei como amei Janaina, pra mim foi um sonho realizado.
      Vale muito a pena ir, mesmo que não compre livros, lá vc tem muita diversão garantida, muitas palestras e até mesmo encontros com blogueiros e leitores que pode te proporcionar experiencias e aprendizados incriveis.
      Promoção de verdade só tem nos ultimos dias da Bienal, achei paia :(

      Excluir
  2. Oi Nathy...
    Meu sonho é poder ir à uma Bienal... Enquanto não tenho a oportunidade de ir, vou acompanhando por redes sociais e blogs mesmo... Ainda que eu não consiga comprar nada, sou louca para poder participar de um evento literário desse.... Que bom que você pôde aproveitar esse dia e compartilhar sua experiência e dicas aqui no Blog...
    Beijinhos...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Aproveitei e muito a bienal, foi minha primeira vez e só tinha apenas 1 dia pra aproveitar ao máximo. Sei como é ficar nessa vontade, eu mesmo ficava só sonhando até que esse ano resolvi colocar ele em prática, torço muito para que vc tbm tenha essa oportunidade e quando realizar não vai querer perder mais nenhum kkk

      Excluir
  3. Ahh queria taaaanto ir! Mas não rola, é longe. Só que tem uma coisa que me deixou até aliviada e foi o caso de comprar livros por lá. Porque é o que mais iria querer fazer e pelo preço salgado que vi nem rola. Nos sites online tá dando pra comprar bem mais mesmo. Vi gente gastando 40 reais num livro que tinha visto no mesmo dia saindo por uns 15 naqueles promoções de desconto progressivo. Imagina só? O lado bom da Bienal é que tem vários autores, muita gente que ama livros também e aqueles espaços para tirar foto baseado em histórias. Aí vale a pena. E vi que tinha uns sebos e coisas assim vendendo livro barato, mas a pena é que não tem muitos de lançamento...
    De qualquer forma dá pra aproveitar bastante. Ah coisa linda que é uma Bienal *-*

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Cristiane, esse tbm foi o lado ruim pra mim, minha expectativa era sair de lá com pelo menos uns 10 livros, mas só deu pra 4, pensa como fiquei!!
      Mas nem por isso eu desanimei, pois lá é muito bom, vc ganham muito brindes por lá.
      Cristiane, faz um esforcinho pra ir, vale a pena, eu moro em Goiânia, pague passagem de voo, hotel, td direitinho, por sorte consegui até pagar bem barato a passagem, e olha, compensa e muito viu!!
      Se for no Rio podemos nos encontrar por lá kk

      Excluir
  4. Olá Naty! Que invejinha branca de vc.. ;)
    Foooi beeem movimentada essa Bienal heim! Imagino a satisfação ao conhecer tanta gte bacana assim!
    Ano q vem qro tentar ir d qqr jeito!!
    Bjs!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Aline foi muito movimentado mesmo, vc mal consegue parar quieta kkk é tanta coisa q te chama atenção por lá!!
      Ano q ve irei de novo kkk nos encontraremos por lá então ;)

      Excluir
  5. Já começo dizendo que essa galeria de fotos ta maravilhosa hahahaha
    Realmente a bienal deixa a gente tonta de tanta coisa linda!!!
    Quando li "autores que conheci" sabia que você falaria primeiro de João Gabriel Brene hahahaha gamooouu!!!
    o Daniel Jahchan é meu amorzinho escritor <3 kk
    Quem quase não sai daquela atração da Disney era eu, tava pedindo help la rsrs Aquele mapa estava terrível mesmo kk
    Livros conhecidos em promoção ZERO!!
    Adorei os livros que você comprou, e esses dicas de sobrevivência, são essenciais, sério gente, anotem tudo!! kkk
    Foi minha primeira bienal tbm e não poderia ter sido melhor, obrigada pela companhia <3
    Adorei a postagem, as fotos estão maravilhosas, já estou com saudades de tudo!!!
    Um beijo,
    Jhe <3
    https://jheinisduarte.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Jhei kkkk quem mandou pular etapa naquele brinquedo da Disney kkkk teve que voltar kkk
      Não podia deixar de lado o João Gabriel né, melhor parte foi quando ele disse q sou blogueira famosa kk pensa!!
      Ano que vem ta marcado pra nós farrear juntos de novo kkkk amei passar o dia com vc fofa :)

      Excluir
  6. Oi gente que post lindo e com tantas novidades, mas pelo amor que invejinha eu tive ao ler esse post ao saber de todas as coisas que você fez na Bienal e eu aqui em casa só sonhando em estar la nem que seja em espirito. Mas torço pra poder ir no outro ano.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Rissia, já estive do seu lado kkk sei como é saber e ver fotos de quem esteve lá e vc não poder ir. Mas ó, ano que vem vc vai viu, perde essa não menina kkkk vc vai amar lá, aproveita pra encontrar comigo kk :)

      Excluir
  7. Meu Deus, como eu queria ter ido.
    O jeito é esperar ano que vem aqui no Rio
    Parabéns pelo post <3

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Acho que no Rio vai ser melhor, primeiro porque vai cair bem no meio de um feriadão e outra, acho que no Rio tem muito mais atrações pois pelo que eu sei o lugar é bem maior.
      Mas vai sim viu, vou querer te encontrar por lá :)

      Excluir
  8. Meu Deus, que inveja!! rsrs
    Tenho tanta, mas tanta vontade que sempre que rola bienal em Sampa ou no Rio fico desesperada, pena que a condição financeira não acompanha minha animação.
    Só me resta ficar acompanhando através das redes sociais, e sofrendo por não estar lá.
    Aproveita!!!
    Bjokas!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Iêda é tão ruim quando a gente quer muito uma coisa e o dinheiro não colabora né, mas fica assim, ainda terá sua chance, pra demorou um bocadinho pra ter essa oportunidade, daí vc vai ver como é bom por lá ;)

      Excluir
  9. Aí gostei muito do post, mesmo não indo dá para sentir um gostinho de como foi. Que pena que você não conseguiu compara todos os livros que conseguiu, mas conhecer seus autores e novos autores não tem preço né. Amei o post.
    Abraço!
    A Arte de Escrever

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Mayla, obrigada!!
      Sim, não ter comprado muitos livros como eu queria me deixou chateada, sério, achei um pouco absurdo pois é nesses eventos que muitos vão justamente por achar alguns livros mais em conta, poxa, nem pra ajudar né.
      Mas fiquei sabendo que nos ultimos dias os preços caiem pra caramba viu.

      Excluir
  10. Oii!!
    Adorei o post, me deu até uma invejinha, queria tanto poder ir na Bienal mas não deu, espero que ano que vem eu consiga ir e com certeza vou usar suas dicas.
    Beijos!
    Livros Arte do Saber

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Flávia que bom que minha dicas podem ser úteis pra vc, mas ano que acho que será muito melhor do que foi esse d SP. Acho que é por ser maior o espaço, aí as atrações ficam melhores. Mas assim tbm podemos nos conhecer, já estou fazendo planos pra ir ano que vem ;)

      Excluir
  11. Adorei as fotos!
    Eu também fui na Bienal, mas me decepcionei muito com os preços! Não comprei quase nada...
    O que mais compensou foi o livro ilustrado de Harry Potter que encontrei na Americanas por R$ 69,90

    ResponderExcluir

Veja os antigos!

© Biblioteca Lecture • Desenvolvimento com por