13 de fev de 2016
Por Nathália Bastos

Will & Will/ John Green e David Levithan

Título: Will & Will
Autor: John Green e David Levithan
Editora: Galera
Páginas: 348
Avaliação: 5/5
Sinopse: Amor adolescente, intriga, raiva, sofrimento e amizade. Tudo isso temperado com doses maciças de comédia. Prepare-se para o universo de Will & Will. E para pérolas de sabedoria que vão mudar sua vida... Ou pelo menos aumentar seu número de curtidas no Facebook. Em uma noite fria, em uma improvável esquina de Chicago, Will Grayson encontra... Will Grayson. Os dois adolescentes dividem o mesmo nome. E, aparentemente, apenas isso os une. Um Will é amigo do mais expansivo gay da sua escola. O outro precisa explicar á própria mãe sua orientação sexual. Mas, mesmo circulando em ambientes completamente diferentes, os dois estão prestes a embarcar em uma aventura de proporções épicas.

Will & Will em minha opinião é um dos livros menos falados de John Green, e um dos mais encantadores. Cada capitulo é narrado por um Will e consequentemente cada Will é um escritor. Os capítulos vão falando do dia a dia de cada um até o momento que se encontram e passam a fazer parte um da vida do outro.
Os capítulos são grandes, porém de fácil leitura e você acaba muito rápido cada capitulo, esse é aquele tipo de livro que você devora. Em menos de duas semanas você já termina.

“Tenho a sensação de que minha vida está muito dispersa nesse momento. Como se fosse um monte de pedacinhos de papel e alguém ligasse o ventilador. Mas falar com você me faz sentir como se o ventilador tivesse sido desligado por um tempo. Como se as coisas de fato pudessem fazer algum sentido. Você junta todos os meus pedacinhos, e sou muito grato por isso. DEUS, ESTOU TÃO APAIXONADO.” Capitulo 2 pág 48 e 49

O livro trata sobre o tema da homossexualidade, ou seja, das coisas que os jovens enfrentam nessa época da vida. Um Will é gay mais não se assumiu para sua mãe ainda e nem para seus amigos com medo da reação deles, com medo de não ser aceito. A única que realmente sabe é sua melhor amiga, Maura. Que apaixonada por ele cria um fake de um garoto que se diz ser apaixonado por Will, e é esse fake que leva Will até Chicago tarde da noite e é onde ele conhece o outro Will.

O outro Will não é gay, porém ele não se decidiu sobre o que quer da vida. Ele ainda não sabe ao certo o que está fazendo nesse mundo, o real motivo de sua existência. E quando encontra com o Will naquela noite em Chicago, os dois descobrem junto o real motivo de estarem vivos. Um encontra no outro a confiança de que precisavam e um Will encontra o amor que tanto queria no amigo do outro Will, Tiny Cooper.

Eu achei um livro maravilhoso, romântico, divertido, triste, alegre... Você sente várias emoções do começo ao fim. Fora que o tema abordado é maravilhoso e uma tapa na cara da sociedade, já que não se vê muitos livros famosos por ai que fizeram sucesso com o tema da homossexualidade. David Levithan adora abordar esse tema, já que seus maiores livros de sucesso são além de Will & Will: Garoto Encontra Garoto e Dois Garotos se Beijando (não li nenhum, mas pretendo lê-los em breve).

Acho que a parceria para esse livro foi proposital já que David adora abordar o tema e John Green é conhecido por ser um escritor mais polêmico. E falando em John Green, como era de se esperar, o livro não termina daquela forma fofa e romântica que esperamos, mas mesmo assim é encantadoramente doloroso.

Amo John Green.
Amo David Levithan.
Amo Will & Will.

#vemamarcomigotambém

Post feito pela Duda Conti.



 Post válido para o Top Comentarista de Fevereiro.

Comentários via Facebook

11 comentários:

  1. Nunca fiquei louca pra ter os livros do John Green, exceto esse... A primeira vez que eu vi, me apaixonei pela capa e achei o nome legal, depois que meu colega me contou sobre o que se tratava, fiquei super interessada e já inclui na minha Wishlist. Eu tenho muita vontade de ler esse livro, só me falta a oportunidade.

    ResponderExcluir
  2. Tenho muita vontade de ler esse livro, ele já está na minha lista de leituras faz tempo, agora só falta comprar, ouvi dizer que ele é ótimo, meu best leu e supeeer amou, espero gostar do livro também.

    ResponderExcluir
  3. Gosto muito de John Green, mas ele livro não me motivou à lê-lo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Esse livro é maravilhoso, se tentar ler não vai se decepcionar <3

      Excluir
  4. Oi Duda...
    Quero muito ler este livro... Para completar minha coleção do John Green, falta este....
    Não sabia do que se tratava... sua resenha me deixou muito curiosa... hehehehe

    Belas terapias

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Você vai amar Laila, ele é lindo como todos os outros livros do John haha <3

      Excluir
  5. Gosto muito da escrita do John Green, porém seis livros não me encantam. Não conseguiram me prender, tive que parar de ler O teorema Katherine, pois estava estranhamente ficando irritada com ele. Mas convenhamos que ele é demais.

    ResponderExcluir
  6. Meu livro preferido dele e a culpa e das estrelas ja tentei ler cidades de papel até o teorema mas n consigo espero que esse seja bom ♥ pois na resenha está parecendo

    ResponderExcluir
  7. No momento não o tipo de livro que tem despertado em mim a vontade de leitura, mas mesmo assim gosto bastante da história, são um dos livros desse autor, que acho menos clichê, e isso e um grande ponto positivo, pretendo lê-lo mais pra frente.

    ResponderExcluir

Veja os antigos!

© Biblioteca Lecture • Desenvolvimento com por