15 de mar de 2016
Por Nathália Bastos

Entrevista com Autora/ Letícia Godoy

Oi gente, aqui é a Duda e dessa vez será um post um pouco diferente do que vocês estão acostumados a ver. Bem, recentemente fiz um post sobre as primeiras impressões do Livro Deixe-Me entrar da Letícia Godoy e hoje, vim trazer uma entrevista incrível que fiz com ela.


Confira abaixo: 





1. O que a levou a ser uma escritora?
R: Não sei exatamente o que me levou a escrever, mas aprendi a ler e a escrever aos 4 anos de idade, tendo como primeira professora minha mãe. Desde cedo despertei esse gosto e aos 8 anos, ao ver um filme cujo final me desagradou, guardei o dinheiro do lanche da escola e comprei um caderninho para começar a colocar as ideias no papel. Foi assim que surgiu o primeiro rascunho de Verde Folha, que naquela época não tinha esse nome, é claro, mas foi o que me motivou a gostar e hoje não sei viver sem!
                                        
2. Se não fosse para ser escritora, qual outra profissão te agradaria e por quê?
R: Bem, eu não sou só escritora (risos), também sou professora e revisora. Gosto muito disso, mas a primeira profissão que pensei, quando ainda era pequena, foi artista plástica! Depois eu quis ser médica e definitivamente, se eu não fosse o que sou hoje, gostaria de tentar seguir a carreira da Medicina. Admiro muito essa área.

3. Quantos e quais livros seus já foram publicados?
R: Tenho uma antologia de contos, intitulada Pontos da Vida, onde possuo 3 contos, foi o  primeiro passo na carreira literária. Depois veio Jurada pelas Sombras, meu primeiro romance e agora Deixe-me Entrar.

4. Qual foi o seu primeiro livro e da onde surgiu a inspiração?
R: Como eu disse na pergunta acima, o primeiro foi Verde Folha. Na época não tinha esse nome e ele faz parte de uma trilogia que ainda tenho os originais todos em caderninhos escritos à mão e com capas desenhadas por mim! A inspiração foi o filme que não gostei do final. Foi muito espontâneo e eu rio muito lendo a forma como eu escrevia naquela época.

5. Como surgiu a ideia de escrever o Deixe-me Entrar?
R: Deixe-me Entrar veio das minhas experiências fake, no antigo Orkut. Eu criei uma conta fake a fim de "fugir" da realidade e acabei conhecendo o mundo do RPG, vivendo coisas que jamais pensei viver até então e assim eu acumulei muitas histórias que, apesar de "fakes", para mim, foram bem reais.

6. No que você se baseou para escrever o livro (Deixe-me Entrar)?
R: Nos meus turnos de RPG, nas fichas dos personagens e toda a ambientação dos jogos que jogávamos na época do fake RPG. Tenho muitos dos registros guardados ainda e consultei-os mais de uma vez durante a escrita do volume.

7. O que você deseja transmitir com seu livro?
R: Quando eu o estava escrevendo, não pensei sobre isso. Apenas escrevi. Mas depois de tantos anos lendo e relendo-o, percebo que a mensagem que eu tentei passar é que cada pessoa é única e por isso não devemos viver o espelho de outra. Devemos ser nós mesmos e nos aceitarmos como somos.

8. Se fosse para você resumir o Deixe-me entrar em apenas uma frase, o que diria?
R: Hmmm... Que difícil! Eu acho que diria: intenso e falsamente verdadeiro.

9. Porque as pessoas deveriam ler seu livro?
R: Ai, que difícil dizer isso! Bem, eu acredito que as pessoas deveriam ler o meu livro para conhecer algo novo e diferente, baseado em experiências "reais" de uma pessoa que superou uma fase muito difícil da vida: a depressão. Ela não é uma brincadeira e as pessoas devem lidar com isso com a mente mais aberta. Este livro não é depressivo, mas ele relata coisas que senti quando estava neste estado depressivo e que na vida real eu jamais sentiria. Quando você conhece alguém através de palavras e não somente pela aparência, é mais fácil sentir-se íntima a ela. Acho que é isso!

10. Quais são seus planos para o futuro?
R: Bem, eu não tenho como dizer sobre meu futuro, pois ele é incerto para todos! Porém, eu quero muito continuar escrevendo e mostrando a todos essa torrente de coisas que tenho a contar. Escrever faz parte de mim e eu não me imagino não fazendo isso. Portanto, podem aguardar mais de mim!

E por último: Que conselho você daria para aquela pessoa que está com medo de seguir seus sonhos?
R: Não tenha medo. Lute! Você pode conseguir!
Desde os meus 8 anos de idade eu escrevo e levei muitos "nãos" nesta trajetória que, por incrível que pareça, já tem 14 anos! Mas cada não era uma motivação para prosseguir e eu acho que se lutamos de verdade, por aquilo que queremos, mantendo-nos humildes e sinceros, podemos alcançar qualquer coisa!
Nada é impossível, mas não basta querer: tem que querer mais do que tudo!

Muito obrigada, Duda, pela oportunidade de responder a esta entrevista. Adorei!


Foi isso gente, espero que tenham gostado. Eu particularmente amei conhecer mais um pouquinho dessa escritora maravilhosa. Le agradeço muito por você ter concedido a entrevista para o blog, foi muito importante para a gente. Desejo todo o sucesso do mundo pra você, que você brilhe cada vez mais. <3 

Post feito pela Duda Conti.



Post válido para Top Comentarista de Março

Comentários via Facebook

11 comentários:

  1. Como já comentei, a capa desse livro nos da uma sensação de lê e não parar mais. Um livro que tirará o fôlego dos leitores. É um dos meu desejos de livros....

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim, a capa desse livro está maravilhosa. É aquele livro que se destaca nas estantes. <3

      Excluir
  2. Adorei a entrevista com autora, contente em saber das suas inspirações e motivações. Desde que vi Deixe -me Entrar nos lançamentos do mês, o livro se tornou desejado.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Acho sempre importante conhecermos quem está por trás das obras, saber que são gente como a gente haha.
      Ele está na minha lista de desejos hahah <3

      Excluir
  3. Nossa, que linda!! Muito obrigada por todo o apoio, de coração <3

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu que agradeço Le, muito obrigada por essa incrível oportunidade. <3

      Excluir
  4. Olá...
    Que capa linda desse livro!!! E que demais a entrevista com a autora... Adorei conhecer um pouco mais sobre ela bem como os conselhos que ela deu no final da entrevista... São para levarmos para a vida toda...
    Beijinhos

    ResponderExcluir
  5. Não conhecia nem a autora e nem o livro. Mas minha primeira impressão, me pareceu que a história é bem profunda, cheia de grandes emoções, e bem diferente do que eu costumo ler. Interessante :)

    www.vivendosentimentos.com.br

    ResponderExcluir
  6. Adorei conhecer mais uma autora nacional!! A capa desse livro está perfeita, já ouvi falar muito sobre ele e claro que está na minha lista de desejados!
    Achei a autora muito simpática e bem pé no chão. Desejo a ela muito sucesso!!

    Beijos!!

    ResponderExcluir
  7. Que post legal, adoro entrevistas com autores nacionais *-*
    Eu ainda não conhecia essa autora, mas gostei muitas das repostas que ela deu, e com certeza vou dar uma pesquisada no livro dela, que por sinal tem uma capa linda. Beijo!

    ResponderExcluir
  8. Oi!
    Bem legal a entrevista, vi o livro da Letícia Godoy no lançamento e gostei muito da historia que me deixou interessada e gostei de conhecer um pouco da historia por trás do livro !!

    ResponderExcluir

Veja os antigos!

© Biblioteca Lecture • Desenvolvimento com por