26 de jan de 2017
Por Nathália Bastos

Noite Eterna - Crônicas da Maldição/ Arley França

Título: Noite Eterna - Crônicas da Maldição #1
Autor: Arley França
Gênero: Fantasia/Terror
Editora: Independente
Páginas: 27
Avaliação: 4/5
Sinopse: Você já deve ter se deparado com apocalipses de zumbis, vampiros, ou de alienígenas. Mas nunca se deparou com o "horror contraditório de uma maravilhosa possibilidade", de um apocalipse de lobisomens.




Apocalipse de lobisomens...
Deixem-me começar com o título e capa: AMEI! 

         Bom, o conto retrata um jovem chamado Tony (que a propósito fiquei super curiosa pra saber mais sobre a história dele que é mencionada em algumas linhas logo no início) sagaz, astuto e veloz. Ele vive em Venon, uma cidade do estado de SP, e estuda na Faculdade E.E.F.E.. Um dia "comum" ele vai para a faculdade e lá ocorre todo o apocalipse de lobisomens.

          Eu achei o conto muito bem detalhado, e me senti como se estivesse ao lado dos personagens vivenciando a história. Amei a ideia futurista, onde é mencionada uma história onde um vírus quase erradica os seres humanos da face da Terra, onde haviam 22 bilhões de pessoas passa a ter cerca de 1 milhão e 300 mil. A breve menção de Georg Clinton, um cientista que descobriu o Titânio II (ou seja, uma ideia de que ainda há muitas coisas a serem descobertas), o leitor de retina e as barras que se escondem no chão também deram um ar muito legal à história.

         Os personagens, apesar de apenas conhecermos superficialmente, são muito bem elaborados! 
A grafia e ortografia em geral foram impecáveis, nota 1000!

         Reparei pouquíssimos pontos negativos no conto que me fizeram não dar 5 estrelas ao mesmo: uso de algumas expressões regionais (ou algo assim, não sei explicar muito bem), a qual foi "trombar o lobo", a qual nunca ouvi falar, mas imagino que seja "encontrar com o lobo", e aqui na minha cidade falaríamos "nos bater com o lobo", hahaha; O mesmo digo de "vencer tal degrau", aqui seria "alcançar tal degrau", foram algumas expressões que me fizeram parar e tentar entender o que realmente estava querendo dizer ali; E por último, o texto não foi justificado (sou chata e reparo tudo, haha).

         E sobre o final: surpreendente! Voto a favor de uma continuação que esclareça tais dúvidas que tenho: toda a história de Tony, o fato de certas pessoas se transformarem em lobisomens, etc. Nota final: 4.

Parabéns pelo conto, Arley!!


O AUTOR:

Arley Magro Rodrigues França, nascido em 06/06/1985, paulista.

Um pouco sobre o autor dito por ele mesmo:
“Pode ser considerado clichê eu dizer ‘que não sou normal’. Então sou clichê. Sinto falta de um mundo maior, mais mágico, ou amaldiçoado. Sendo assim, aplico o que posso, escrevendo e viajando por esses mundos tão diferentes. Não tenho vergonha, ou medo de dizer que tudo começou com ‘Ablon’. Essa história fantástica deu início a minha vontade de criar um mundo celestial. Foi o que fiz com A Guerra dos Anjos. Não satisfeito, comecei a trabalhar em projetos paralelos, criando outra série chamada Crônicas da Maldição. Hoje trabalho em cima das duas séries, gerando de suas entranhas contos e romances distintos.am odio id?

         Desde quando me lembro de ser um mero humano, acompanho histórias fantásticas. Essas eram contadas por meus pais, por livros, por estudos na escola. 

         Além disso, sempre busquei entrar nesse mundo e me aprofundar cada vez mais na história escolhida. Assumo que muitas vezes foi difícil de eu próprio conseguir me tirar dessas dimensões. 

         Incontáveis vezes me peguei viajando e criando histórias em cima de histórias, mas apenas em minha cabeça. Não podendo mais conter essas histórias presas, comecei a passar para o papel. Esses simples textos, aperfeiçoados, acabaram virando meu primeiro livro: A guerra dos anjos, que mal terminado, já tem uma parte de sua continuação. 

         O turbilhão de histórias que chegam a minha mente é infinito. Essas eu não sei de onde vêm. Se é de algum universo paralelo que realmente rolam essas histórias, ou se é uma simples criação da minha mente. 

         Independente de qualquer coisa, isso é fantástico.

Seus projetos:

A Guerra dos Anjos - Domínio Espiritual #1
Romance
Publicado 03/2016

Sensação (A Guerra dos Anjos / Estopim da guerra)
Conto
Publicado 03/2016

Crônicas da Maldição - Noite Eterna
Conto
Publicado 04/2016

Crônicas da Maldição - O que tem depois da luz?
Conto
Publicado 05/2016

O Sobrevivente (A Guerra dos Anjos)
Conto
Publicado 06/2016

Seus projetos futuros:
Crônicas da Maldição - Zumbi
Romance
Em produção

Crônicas da Maldição - Cirurgia
Conto
Em revisão

Crônicas da Maldição - O vestido Negro do Diabo
Romance
Em revisão

A Guerra dos Anjos - Anjos do Apocalipse #2
Romance
Em revisão

A Guerra dos Anjos - O arrebatamento #3
Romance

Sangue Frio (A Guerra dos Anjos / História de Hector)
Romance
Em revisão 

Post feito por Lizi Reis.


Post válido para Top Comentarista de Janeiro 



Comentários via Facebook

12 comentários:

  1. Lizi conto perfeito!!!
    Estou aqui imaginando como seria um apocalipse de lobisomem...Adorei!
    Gostei mto de conhecer o autor, espero conseguir uma oportunidade d conhecer suas obras..
    Bjs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Uma maravilha, Aline!
      Imagina só um apocalipse desse! Também espero conhecer as outras obras dele, devem ser tão boas quanto esse conto. Beijossss

      Excluir
  2. Oba,dá para ler de graça!
    Uma boa oportunidade de conhecer o trabalho do autor. 😁

    Essa é uma história diferente. Futurista e cheia de lobisomens.
    E fiquei interessada em ler.

    Boa dica!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Uma ótima oportunidade! E esse fato de ser futurista e com um apocalipse que tornou muito mais interessante. Espero sua opinião também, Jan, beijos!

      Excluir
  3. Oi!!
    Adoro contos!! Sem dúvida vou ler agora!! Gostei muito da proposta do Arley!! Para quem gosta de contos com lobisomens na história vai adorar!!
    Beijoss

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. E não esquece de contar para gente o que achou! Beijos, Marta *-*

      Excluir
  4. Ainda não li nada do autor, então é bom quando já tem uma resenha positiva sobre seu conto.
    4 estrelas é uma ótima avaliação! Vou baixar!
    Achei a capa bem bonita e gostei do título também! =)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Tudo muito bem feito mesmo, Pamela! Pode começar por esse conto que será um ótimo início.

      Excluir
  5. Oi, Lizi...
    Adorei conhecer um pouco mais do autor e de suas obras... Confesso que não sou fã do gênero terror, mas fiquei curiosa para ler esse livro... Espero poder realizar a leitura em breve... Ainda mais porque você pouquíssimos pontos negativos sobre a obra...
    Beijinhos...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Também não sou muito fã, acho que li apenas esse conto e um de Stephen King. Mas por ter todo um contexto nesse conto, fez com que eu me prendesse desde o início. E tem muitos poucos pontos negativos, pois quase não tem, rs. Beijos!

      Excluir
  6. Se eu mais iria sobreviver em um apocalipse zumbi o que dira em que fosse de lobisomens ?!! Minha chance de sobreviver virou 0%. Não sou lá grande fã do gênero de terror, por sinal a capa me assustou, mas eu vou dar uma chance.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Bem isso, Rissia, hahahaha. Eu também não sobreviveria!! Dê uma chance e não irá se arrepender, rs. Beijosss

      Excluir

Veja os antigos!

© Biblioteca Lecture • Desenvolvimento com por