10 de jan de 2018
Por Nathália Bastos

Tudo o Que Mais Importa/ Naiara Aimee

Título: Tudo o Que Mais Importa
Autora: Naiara Aimee
Gênero: Romance/Cristão
Editora: #UPBooks
Avaliação: 5/5💕
Sinopse: "De um interesse egoísta surge o mais sincero sentimento de amor" 

Logo após a morte da mãe, Edward Radford é levado, pelas circunstâncias impostas, a acolher em sua propriedade as pobres e órfãs irmãs McCarthy. A contragosto ele acaba cedendo, mas não se mostra nem um pouco à vontade com isso. Ao perceber que as irmãs são um incomodo para ele, Jane McCarthy, a mais velha, decide levá-las de volta a Chesterfield. Com essa ameaça iminente e a chance de perder parte de sua herança, Edward é obrigado a traçar novos planos e percebe que para ter as irmãs consigo será necessário conquistar a confiança de Jane, o que irá se mostrar uma tarefa bastante árdua, dado as fortes convicções dela, sua crença inabalável e seu gênio forte.
Esse é um romance de época que envolve não só uma linda história de amor, mas também traz o relato das dificuldades enfrentadas pelas mulheres sem proteção, da pobreza, e da praga que infectou as plantações de batatas no período de 1845 a 1849, deixando um rastro de dor e miséria.


Grave o meu nome no seu coração e no anel que esta no seu dedo. O amor é tão poderoso como a morte; e a paixão é tão forte como a sepultura. O amor e a paixão explodem em chamas e queimam como fogo furioso, Nenhuma quantidade de água pode apagar o amor, e nenhum rio pode afogá-lo. Se alguém quisesse comprar o amor e por ele oferecesse as suas riquezas, receberia somente o desprezo.
Cantares de Salomão 8:6-7 (NTLH)

Es um romance digno, um romance verdadeiro. Pode parecer clichê, porém ele consegue ultrapassar as barreiras, mostrando não somente o amor da forma mais verdadeira, mas acima de tudo, o perdão. Naiara escreveu mais do que um romance, ela incrementou o perdão, o amor de Cristo, a amizade e também a Fé, tudo de forma tão natural e no final, foi uma verdadeira história capaz de tocá diretamente a alma. 

De todo romance cristão de já li, esse conseguiu passar a mensagem de forma tão clara e natural, onde em certos momentos você precisava identificar o que realmente ela quer dizer. Aqui você não verá doutrinação, muito pelo contrário, verá somente a mensagem clara e absoluta sobre o Amor de Cristo de modo que nos tocará profundamente e nos levando a refletir sobre nossas ações, atitudes, sentimentos, as escolhas e o passado. 

Edward Radford é cara que tem tudo; dinheiro, fama e mulheres, o que ele achava que bastava para viver bem, mas é um homem duro e desacreditado do amor verdadeiro. Por dentro da casca dura ele se esconde de um passado doloroso, onde seus pais viviam em um casamento conturbado, e seu pai nunca a amou sua mãe e nem ao filho e isso fez Edward crescer amargurado e cheio de ódio, onde queria mostrar que não se tornaria como seu pai e se vingaria de todas as formas, mas, o amor de sua mãe o leva por outro caminho. Após a sua morte, Edward se vê na obrigação de realizar o último desejo de sua mãe, abrigar e cuidar das cinco irmãs órfãos McCarthy e só assim receberia por completo a herança.
De qualquer forma, se aquele sentimento transformava as pessoas em tolas como fizeram com sua mãe, ele preferiria que nunca sentisse algo assim.

Já as irmãs McCarthy vive as duras penas da vida, após a perda dos pais e do abandono do irmão mãos velho, elas tiveram que se virar e trabalhar para obter seus sustentos, mesmo que recebessem poucos, elas ainda assim faziam com alegria e fé no coração. Até que um dia recebe a proposta de ir morar na propriedade do Senhor Radford, mesmo relutantes, elas aceitam, mas nem imaginam que tudo não passa um mísero interesse, onde Edward pretendia se livrar delas, oferecendo um bom casamento  a cada uma delas o mais rápido possíveis e assim desfrutar da tão prometida herança. 

Ela queria uma nova chance na vida, e não passar seus dias na dificuldade tendo que economizar em tudo, tendo que contar com a sorte para comprar um vestido novo no anseio de saber como será o amanhã e o que terão para o café.

Sabe aquele ditado "Deus escreve certo por linhas tortas'? Ou aquele "Há tempo para todo propósito debaixo dos céus"? Pois é, tudo muda quando as irmãs chegam a propriedade, mesmo que com o coração duro, Edward não se deixa faltar por elas, ainda que fizesse apenas pela herança, mas com a chegada de Jane McCarthy, de alguma forma acaba acontecendo o que ele nunca quis: se apaixonar. Mas será ele possível de deixar o orgulho, o ódio e a vingança de lado para se entregar a esse grande amor? Será que ele seria capaz de acreditar na paixão e no amor? 

Mesmo que admitindo seu amor a Jane, para ela ainda não é o suficiente, ele precisava se livrar da dor e da casca do passado, liberar o perdão e abrir seu coração por completo, e principalmente, acreditar que existe um Deus acima de tudo capaz de perdoar e amá-lo. Tarefa pouco difícil, mas não impossível, por mais que Edward aos poucos vai se abrindo, ele ainda não consegue se livrar totalmente do seu passado por medo, e isso traz uma reviravolta na vida do casal onde eles acabam separando suas vidas. Agora, resta a Edward reconquista-la, mas como se mostrar digno do amor dela? 

O medo o impedira de amar; o medo o impedira de acreditar; o medo o impedira de ser sincero. Decidiu, naquele momento, que nunca mais deixaria o medo cobri-lo como um céu escuro.

Acredito que o amor é capaz de vencer barreiras, mas o perdão é capaz de quebrar-las de uma vez por todas. Primeiro, é preciso descobri qual é o sua dor, como se originou, assim com Edward que viveu debaixo das duras palavras do pai e viu como era o casamento de seus pais, isso faz com que ele precisasse ser realista e desacreditar das coisas boas, plantando em seu coração ódio pelo seu pai e amargura. Foi preciso perder tudo para ganhar o melhor, mas também foi preciso se permitir abrir os olhos para o impossível e voltar a ter fé, foi possível que Jane, de maneira inesperada, entrasse na sua vida para assim faze-lo quebrar, mas tudo isso também só é possível se você deixar, se você se permitir e se perdoar.  

[...] por tras de toda aquela aparência séria e das palavras duras, escondia-se um menino que precisava voltar a acreditar no amor e em suas várias formas. Um menino que precisava renovar sua fé e ver que a vida por mais dolorosa que pudesse ser ou ter sido, também podia trazer as surpresas maravilhosas e alegres.

Uma trama muito bem construída com um enredo envolvente, Naiara não deixa de lado nenhum dos personagens apresentados, ela soube incrementar as situações entre as irmãs, mostrando a personalidade e o relacionamento entre elas, mostrando defeitos e qualidades.  Narrado na terceira pessoa, nos permite ter uma visão mais ampla, tanta da história em si quanto de cada personagem apresentado, uma escrita super envolvente, ela não só te prende, ela te hipnotiza a ponto de esquecer tudo ao seu redor, o que não digo atoa, visto que li esse livro em apenas um dia, me privando da fome, do conforto, do sono e das necessidades, não me arrependo, pois eu amei cada momento com essa história, um romance de época que além de mostrar com tanta clareza e realidade vivida na época, a autora tem a sutileza e tato para colocar as mensagens nela, colocando assim os versos da Bíblia em momentos certos história, o que eu mais amei e suspirei. 

Perdendo apenas para a revisão, que faltou dar uma atenção pouco mais redobrada, mesmo assim ela não perde a beleza na diagramação, com folhas decoradas, com tons que vai do branco ao cinza, além de uma capa maravilhosa. Da pra perceber o quanto a editora tem um carinho e cuidado de fazer que o livro seja mais do que um mero livro, seja uma experiência, junto com o tato, explorando ainda mais a imaginação.

E não deixo de recomendar esse livro para quem é apaixonado e ama um bom romance, pois esse irá te deixar ainda apaixonado. Envolvente, apaixonante, tocante, arranca suspiro e te deixa com aquela cara sonhadora, Tudo o Que Mais Importa chegou ao seu final com chave de ouro, nos entregando muito mais que o esperado e nos levando a loucura, afinal, quem nunca sonhou viver aquele romance né. Não direi mais nada pois não quero entregar a história, mais quero deixar meu convite para apreciar esse livro e se encantar, não tenha medo por ser um romance cristão, ele não vai ditar regras ou doutrinas, apenas te mostrar o mais puro amor 😏💘

Amor não era nenhuma vergonha, mas um ato de coragem.

Comentários via Facebook

10 comentários:

  1. Uma resenha lindíssima e completa. Daquelas que faz com que você querer devorar o livro agora mesmo
    .Parabéns

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada linda!!
      E hora que concordo com a parte de devorar, porque li tudo e um dia só, é impossível largar de tão envolvente e maravilhoso que é ;)

      Excluir
  2. Que resenha mais linda. Eu sou apaixonada por esse livro e fiquei super feliz que você gostou também. ((( adorei seu blog, é uma fofura, parabéns!))

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ahhh mais é impossivel não gostar kkk
      amei demais, tanto a historia como os personagens, Naiara é fera demais!!!

      Obrigada, sua visita vale ouro para nós aqui :)

      Excluir
  3. Oii Nat,tudo bem? que capa linda e a sinopse me encantou mais ainda, amo romance e já quero ler esse livro, sua resenha tá um amor, parabéns.
    -Beijos,Carol!
    http://entrehistoriasblog.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Carol obrigada!!!!
      Menina, se fosse só a sinopse para se encantar, se tiver a oportunidade de ler, leia, porque é tão amorzinho esse livro e tão emocionante!! Me deu ressaca daquelas viu!

      Obrigada pela visita :)

      Excluir
  4. Olá Nath!!!
    Eu sou um tanto temerosa com livros de temas cristãos, pois não me encantam muito. Porém, admito que lendo essa resenha, vendo essa sinopse e vendo os quotes desse livro eu me encantei pela história e quero ler ele sim ^^
    Muuuuito obrigada pela dica!!!

    lereliterario.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Isa minha amiga, te entendo muito, mas aqui é como falei, não tem doutrinação, apenas princípios. Ele fala de amor, fé e perdão de forma tão natural como qualquer outro livro, além de claro, ter um bom romance e uma boa história que você irá se envolver muito!!

      Espero que tenha uma oportunidade de ler, pois sei que ele vai te fisgar legal ;)

      Excluir
  5. Olá!

    Que resenha mais cheia de amor!
    Eu não conhecia o livro e mesmo o gênero sendo cristão e eu nunca li nada sobre, confesso que esse livro me despertou um grande interesse após essa sua resenha.
    Parabéns! Adorei muuuito e vou anotar essa dica, com certeza!

    Adorei seu blog e estou acompanhando.
    Beijos,
    Blog PS Amo Leitura

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que bom ter a sua companhia aqui!!

      Infelizmente romances e ficção cristã não são muitos divulgados, mas isso é algo que vai mudar, existem tantos livros que poucos conhecem, até eu mesmo, sendo cristã, conheço poucos.

      Melhor coisa é saber que você gostou, espero de coração que você leia, caso leia, não esquece de me contar viu, quero saber o que achou ;)

      Muito obrigada pela sua visita!!

      Excluir

Veja os antigos!

© Biblioteca Lecture • Desenvolvimento com por