8 de jan de 2018
Por Duda Conti

News / Girl Power - Histórias de Garotas Destemidas


 Olá amores, quanto tempo, tive que dar um sumida nesses últimos meses de 2017 por conta do TCC da faculdade que estava ocupando todo o meu tempo. Mas 2018 começou, eu estou de volta e que esse ano seja incrível para todos nós. 

E  falando em 2018 ser um ano incrível já vamos começá-lo com uma notícia maravilhosa...

Nessa quinta-feira (11/01/2018) será lançado em formato e-book na Amazon a antologia Girl Power - História de Garotas Destemidas, com contos escritos por: Fernanda Chazan, Ana Lúcia Merege, Camila Pelegrini, Tatiane Durães e Carolina Mancini e toda a renda arrecadada com a venda dos e-books será revertida para uma ONG que cuida de crianças que sofreram violências e/ou abusos. 

Vem que eu vou explicar direitinho!





Girl Power - Histórias de Garotas Destemidas

O e-book será lançado na quinta-feira (11/01/2018) na Amazon e reúne cinco contos escritos por autoras distintas, todas mulheres maravilhosas que se juntaram em prol desse objetivo incrível, cada conto narra a trajetória de uma garota valente, destemida e que não precisa de um príncipe encantado para ajuda-lá, são protagonistas inspiradoras. Os contos tem um "quê" de terror e é destinado para o público pré-adolescente e adolescente, mas também para todos aqueles que amam uma história empoderada. 

Sinopse: E se houvesse uma antologia de contos fantásticos que, além de empoderar seus leitores, ajudasse uma ONG que cuida de crianças e adolescentes que sofreram violência e abuso sexual? E se tal antologia reunisse histórias de garotas destemidas, corajosas e dispostas a enfrentar quaisquer adversidades em busca de superação? E se os contos pendessem para o terror e fossem destinados a adolescentes, pré-adolescentes e - por que não?! - aos leitores de todas as idades que se interessam por fantasia e terror "água-com-açúcar"?

Conheça "GIRL POWER - HISTÓRIAS DE GAROTAS DESTEMIDAS", uma antologia escrita por Ana Lúcia Merege, Camila Pelegrini, Carolina Mancini, Fernanda Chazan e Tatiane Durães. A obra está apenas disponível (a partir de quinta-feira) em formato e-book na Amazon e toda a renda adquirida com a venda do livro serpa revertida ao CRAMI (Centro Regional de Atenção aos Maus Tratos na Infância), que ajuda crianças e adolescentes do ABC paulista que sofreram violência e/ou abuso. 




Sobre o CRAMI

Sensibilizados com os casos de crianças vítimas de espancamentos e de abusos sexuais - que, muitas vezes, ocorriam no próprio lar -, profissionais, empresários e pessoas da sociedade civil - formaram um grupo de estudos sobre a liderança do médico Dr. Emílio Jaldin Calderón, que atuava na Fundação de Assistência a Infância de Santo André (FAISA) para discutir a questão dos maus tratos na infância. 

O número de casos elevados observados na FAISA levaram os profissionais a supor que incidências de casos de maus tratos representava um número muito maior do que se podia imaginar e do que era registrado.

Pensando em ações que pudessem combater as diversas formas de violência contra crianças e adolescentes, no dia 12 de outubro de 1988 foi fundado o CRAMI - Centro Regional de Atenção aos Maus Tratos na Infância do ABCD, espelhado na experiência do CRAMI de Campinas - SP;
Iniciamos nosso trabalho recebendo denúncias de maus tratos contra crianças. e com essas informações, profissionais voluntários e estagiários efetuavam visitas domiciliares de finais de semana, para verificar as situações. Logo a mídia passou a divulgar o trabalho do CRAMI e nossos canais de contatos, pois naquela época ainda não havia o Conselho Tutelar, que hoje é o canal de denúncias.

Atualmente o CRAMI possuí núcleos nos municípios de Santo André, São Bernardo do Campo e Diadema, através de convênios firmados com o Poder Público, que possibilitou que ampliássemos o atendimento á comunidade. Passamos a atender crianças, adolescentes e suas famílias de forma sistemática, buscando o rompimento da violência e a transformação das relações de cuidados com estas crianças e adolescentes.

O CRAMI ABCD promove a defesa e proteção de crianças e adolescentes vítimas de violência doméstica e sexual, com violações de direitos, em situação de rua e acolhidos institucionalmente. Também realizamos ações preventivas nas comunidades através de palestras, enquetes teatrais e grupos reflexivos, além da capacitação de profissionais que atuam em diversas áreas no atendimento a crianças e adolescentes.

Combatemos qualquer forma de violência e violação de direitos contra crianças e adolescentes, sempre orientando e auxiliando todas as partes em conflito, tanto vítima como agressor, demais membros familiares e profissionais responsáveis pela proteção da criança e do adolescente. 




E ai? O que achou desse projeto incrível? Além de você se satisfazer com uma leitura maravilhosa, poderá ajudar crianças e adolescentes que precisam de amparo. Não existe melhor forma de começar 2018 do que fazendo uma boa ação, não é mesmo?!





Nos vemos em breve.



Beijinhos <3 

Comentários via Facebook

1 comentários:

  1. Olá Duda!!!
    Amei a ideia da venda dos livros e a iniciativa das autoras, pois tenho certeza que será um sucesso e tanto.
    Achei muito interessante o livro também trazer um pouco de Girl Power ^^

    lereliterario.blogspot.com

    ResponderExcluir

Veja os antigos!

© Biblioteca Lecture • Desenvolvimento com por