15 de mai de 2018
Por Nathália Bastos

Sob o Manto da Noite/ Igor Feijó

Título: Sob o Manto da Noite (Nas Sombras da Cidade)
Autor: Igor Feijó
Gênero: Fantasia
Ano: 2018
Editora: Independente
Páginas: 182
Avaliação: 5/5
Sinopse: Uma inocente, perseguida por um crime que não cometeu. Intrigas políticas manchadas de sangue marcam o período mais conturbado entre as Côrtes. Amanda, uma jovem que só queria curtir uma noite tranquila entre amigos, perde seu direito de escolha no momento em que a criatura da noite surge em sua frente. Após uma revelação, jogada entre as crias da noite, precisará decidir se abraça de vez esta escuridão ou se começa a trilhar seu próprio caminho.
*Igor Feijó é autor parceiro do blog.



Por cima de todo o cenário ainda emergia algo que nunca a deixaria.
O Fantasma mais sombrio de todos os seus pesadelos.
A fome.

História de vampiros carregado de ação e com toque de RPG? Sim, Sob o Manto da Noite é mais do que uma fantasia de vampiros, é misterioso, tem suspense e muita ação, uma originalidade do Igor Feijó que conseguiu sair da mesmisse, criando uma fantasia moderna e ainda coloca uma mulher no poder (empoderamento feminino, a gente se vê por aqui).

Antes de falar sobre a historia em si, conheça cada uma das Cortes e suas habilidades, para assim vocês poderem entendê-lo melhor:

- Corte das Cinzas: Manipulam os mortos e os espíritos.

- Corte das Máscaras: Podem se ocultar nas sombras e se transformarem em outra pessoa.

- Corte Bestial: Viram animais e podem usar o sentido de algum animal habitando o corpo temporariamente.

 - Corte Rubra: Controlam o sangue.

 - Corte dos Ossos: Tem a capacidade de alterar o corpo e aderir outros materiais.

 - Corte do Punhal: Assassinos e mafiosos, podem controlar a mente.

- Corte das Rosas: Formada estritamente por mulheres. Possuem a habilidade de controlar os sentimentos.


Há um mundo dentro de um mundo, criaturas que precisam viver escondidos da sociedade e ainda mais sob regras estritamente rígidas e quem ousar quebrá-los são punidos até de mortes. Exite uma hierarquia, uma divisão entre as criaturas da noite e quem comanda acima delas é ninguém menos que uma vampira poderosa, Isabel, líder da Corte das Rosas, o qual teve que assumir logo apos a morte de mentora e genitora, que por sinal é muito suspeito. Como se não bastasse isso, existem muitas criaturas, lideres de outras Cortes que gostariam muito de esta na posição de Isabel. Um começo nada agradável para ela, enquanto luta para colocar as coisas em ordem, Isabel descobre que existe uma conspiração, que ameaça para tirá-la do poder, abalando assim, a confiança do mundo das criaturas toda.

Por outro lado, temos Amanda uma simples que teve sua vida virada de cabeça para baixo, onde em uma noite saiu para acampar com os amigos, mas que terminou de uma maneira bem sangrenta onde todos os seu amigos morreram, sobrando apenas ela e sua inexplicável fome por sangue. Ainda que não bastasse todo os acontecimentos, desde a morte de seus amigos até a sua desconhecida transformação, Amanda é simplesmente jogada em uma teia de mistérios e segredos e ainda por cima é caçada por todas as Cortes. 

-A verdade pode ser um pouco difícil de compreender, mas você esta sentindo, vendo e atuando como se fosse um, não estranhe se eu disse que você se tornou um vampiro. Ops! - Levou a mão a boca num gesto de quem fez algo errado - Falei rápido demais.

Ao ser raptada por criaturas mais estranha ainda, mas que só dizem que é para a segurança dela, Amanda de alguma forma consegue percebe que algo não cheira bem, e depois que consegue fugir dar d cara logo com Isabel, a única pessoa que parece entender muito bem qual o objetivo de Amanda ter se tornado uma criatura da noite sem autorização - isso mesmo, até para transformar alguem em uma criatura precisa pedir autorização dos superiores - e perceber que ela é apenas uma peça da conspiração toda.

É notável o quanto a historia se desenrola e os personagens vão crescendo e amadurecendo, assim como Amanda que começou parecendo uma covarde, termina como um guerreira. Sendo a peça principal da trama toda, Amanda passa ser uma espiã, se alia a Isabel e consegue se fortalecer e aceitar a sua nova condição. 

- E lembre-se, nunca devemos deixar de temer algo, é o medo que nos lembra de ter coragem.

Quero parabenizar o autor por sua incrível e maravilhosa obra, transformando ele mais do quem fantasia de vampiro. Essa mistura de tantos elementos como ação, RPG, suspense e mistério ao estilo Ágatha Christie é o que tornou única. Narrada em terceira pessoa, nos dá uma visão ampla do cenário, mas sem no entregar o ponto, atiçando assim ainda mais a curiosidade do leitor em saber mais sobre os mistérios e quem é que esta por trás de tudo isso. Além de uma leitura bem fluida, com uma escrita e linguagem bem informal, o autor também conseguiu colocar um toque de humor, bem sutil, apenas para dar uma quebrada no clima tenso, mas sem quebrar a hipnose do leitor com a história, que só faz querer saber ainda mais final. E também quero ressaltar um ponto aqui: essa não é uma história de romance, nem chega perto disso, e isso foi o que mais gostei pois o ponto central da história são os mistérios que se enrola na trama. Outro ponto também, é o quanto o autor conseguiu com maestria colocar pontos de vista onde um mulher precisa mostrar que é forte e também que pode ser tão poderosa e perigosa ao mesmo tempo, onde subestimá-la pode ser um erro fatal.

E o final não basta, achou que o Igor ia fechar os pontos aqui? Enganou-se, pois ele ao invés de fechar a história fez com que abrisse ainda mais, a ponto de você perceber que esse quebra cabeça esta longe de se encaixar e essa teia de mistérios e conspiração é algo maior ainda. Sabe quando você acha que finalmente encerrou um caso e de repente percebe que prendeu a pessoa errada? É assim que acaba. 

Igor tem talento impecável para uma historia dark e esse livro é a prova disso, amei demais ler e não vejo a hora de ler a continuação, afinal, não sabemos nenhuma informação, mas a forma como terminou, posso apostar que em breve ele estará aí para nós.

Sob o Manto da Noite é uma das história que faz parte do box Nas Sombras da Cidade, que inclui obras de mais 6 autores com histórias de fantasias urbanas e romances paranormal. Não é vendido separado. Mas já avisei aqui no blog que o autor logo publicará ele separado em formato físico e também fará edições exclusiva em capa dura 😉

Para adquirir o box clique aqui.

Por um longo tempo Amanda desejou ser notada, mesmo que ela não deixasse isso muito claro. Ser roqueira isolada do colégio com poucos amigos não legal. A curto prazo tinha o seu charme, mas o tempo correu e ela passou a ser considerada a estranha, a macabra, a gótica, a que enfeitaria uma faca nos seus olhos se olhasse torto. No fundo, nenhum esterótipos estava correto.

Comentários via Facebook

1 comentários:

  1. Interessante resenha, não conheço o autor, mas me deu uma certa curiosidade de ler este livro. Valeu!

    ResponderExcluir

Veja os antigos!

© Biblioteca Lecture • Desenvolvimento com por