25 de jul de 2018
Por Nathália Bastos

Céu de Menta/ Camila Martins

Título: Céu de Menta
Autora: Camila Martins
Gênero: Romance
Editora: Hope
Páginas: 186
Avaliação: 5/5💕
Sinopse: "Ana e João são vizinhos. E o que separa suas casas é apenas um jardim. 

Mas, na concepção de João, a diferença dentro de cada lar era tão grande, que foi capaz de criar um universo que os separa além do gramado, gerando o seu planeta, verde e gelado e o de Ana, colorido e repleto de amor.

Ana é espectro autista, gosta de tudo lento para se adaptar. João, apesar de todos os seus pesares familiares, é dono de um coração de ouro.
Cada um com seu dom, seu jeito especial de enxergar o mundo e de reagir a ele.
Aos dozes anos eles se conheceram, aproximando seus planetas tão opostos. 
Aos dezesseis eles já haviam construído um sentimento lindo e verdadeiro, além do imaginável.
A presença de João torna-se confortável para Ana. Ele é tranquilo como um céu matutino. 
A presença de Ana torna-se emocionante para João. Ela é surpreendente como um céu crepuscular.
O amanhecer e o anoitecer... Tão opostos. 
Qual cor o céu deveria ter para uni-los?"
Camila Martins é autora parceira do blog*
-Eu sou verde? - Ana pergunta e olha curiosa para os olhos de João.-Não. Você é coloridamente linda.-Se o céu não é azul celeste, anil, marinho, tutti-frutti e algodão doce, de que cor ele é e será todos os dias?-Menta? Céu de Menta! o que acha, Ana?-Eu gostei, João, gostei muito!


Ah, quão doce e lindo é esse livro, que me proporcionou um misto de sentimento. Ele chega de mansinho e vai aquecendo seu coração até explodir, ele veio para tocar até o mais fundo do nossos corações e transbordar de alegria, paixão, dor e angustia. Ah, como chorei com esse livro, mas como sorri também, Camila e sua incrível maneira de tratar de diversos assuntos e tornar-lá uma leitura mais linda e prazerosa, só sei que vou carregar AnJo dentro do meu coração para sempre. 
Ana é autista e vê o mundo de maneira diferente, segue sua rotina com sua família, mas nem sempre consegue compreender os sentimentos humanos e possui dificuldades em interagir com outras pessoas, para ela as coisas são claras e simples e os outros é quem gostam de complicar tudo. Já João é um garoto comum como qualquer outro, com suas manias despretensiosas, mas com um jeitinho bem lento. E é pelo seu jeito despretensioso que João consegue fazer amizade com Ana, mesmo sem entender como as coisas para ela funciona, ele não desiste, é paciente  e carinhoso com ela.

Totalmente despretensioso e tão sereno quanto o céu matutino. Não julgava e não achava problemas nas manias de Ana. Um anjo em forma de menino.

E a amizade prevalece com o passar dos anos, agora João e Ana são adolescentes, e essa amizade, para João, acaba florescendo outros sentimentos a mais, mas, como conquistar Ana, que tem sua dificuldades de entender certos sentimentos e interações humanas? João ainda tem que lidar com os problemas familiares, sua mãe sofre de Depressão, suas irmã vivem cada um no seu mundo, seu pai é um macho alfa que é praticamente um turista dentro de sua casa, restando somente somente sua avó materna que faz questão de ser a família que João deseja. Mas para aliviar tudo isso, Ana era sua maior alegria, era quem dava seu conforto. Já a família Ana, são aqueles que servem de exemplos, bons pais que se preocupam e desejam o melhor para seus filhos, principalmente para Ana. 

Porque, mesmo nas diferenças de ambos, eles se entendem e aproveitam o instante em que, na companhia um do outro, os céus os brinda da forma que mais agradava a cada um.

Tudo flui de maneira mais leve, devagar, e assim Ana vai se descobrindo, vai quebrando barreiras que muitas vezes são causados pelo seu desconforto e medo, e João a ama tanto que ajuda e tenta de todas as maneiras possíveis. Agora, se eles ficam juntos? Isso você terá que lê o livro para descobrir 😉

Só posso dizer que se você ler, vai se encantar tanto quanto eu me encantei, vai entrar no mundo de Ana e ver o quão especial e único ele é, assim como João entrou e não quis mais sair de lá, duvido que você não ache o mesmo. 

Camila nos trouxe um pacote cheio de amor nesse livro, não nos decepcionando em nada, não deixa nada e nem ninguém de lado, narrado em terceira pessoa, ela trás flashback de cada um dos seus familiares, onde você pode identificar onde foi que tudo começou. Além do mais, a sua maneira de trazer um personagem e mostrar verdadeiramente como é um pessoa com autismo, como ela vê o mundo, como são suas crises, e isso fará com que você veja cada pessoa especial com um jeitinho diferente, seja lá qual for sua deficiência, todos deveriam aprender que nada nos paralisa e nem nos torna incapaz de fazer o que quisermos. Eu não tenho nada a me queixar do livro, a não ser por alguns errinhos ortográficos que acabam passando despercebidos.

Agora é sério, não deixem de ler essa fofura, é uma leitura tão leve, fluida e que tira o seu sono, mas por uma boa causa. É só baixar ele no Amazon ou comprar o físico no site da Editora Hope e olha que ainda vem recheado de carinhos.

E aí que percebemos que não importam os motivos, o que importa mesmo é rir, principalmente de si mesmo.

Comentários via Facebook

1 comentários:

  1. Coisa lindaaaa! Que presentao de dia do escritor, nossa, amei!!! Mto obrigada!!

    ResponderExcluir

Veja os antigos!

© Biblioteca Lecture • Desenvolvimento com por