1 de out de 2018
Por Duda_ Conti

Textinhos da Duda / Volta Amor!






Ei amor, estava aqui de bobeira zapeando os canais de TV quando eu lembrei da promessa que você me fez, lembra? Você tinha prometido que nunca iria soltar a minha mão, você cumpriu, não a soltou mais foi embora e a levou junto contigo. Você não sabe a falta que faz, será que assim como eu você também pensa em mim? Pensa em nós? 

Eu sei que as coisas não foram fáceis e que continuam não sendo, sei que você decidiu se afastar porque seus problemas eram tantos e você ficou com medo de que eles me afetassem. Mas deixa eu te contar uma coisa amor, eu também tenho meus problemas e talvez não consiga curar a sua dor mais gostaria que a dividisse comigo. E eu fico nessa agonia, sentada no sofá e encarando a porta esperando que ela se abra me revelando você. 

Sinto sua falta, você foi o único capaz de descobrir meus segredos mais secretos e eu ainda tenho vários guardados esperando por você. Você deve achar que que não, mas esse teu jeito singelo ficou marcado aqui nessa casa, aqui em mim. Porque você não volta?

Volta mais fica! Volta e não tenha hora para ir embora nem para onde fugir, você não precisa fugir porque sua casa é aqui, é em mim. 

Volta que eu quero olhar nos teus olhos e decorar todas as cores que existe no seu universo particular, quero me recostar em você e sentir teu cheiro que só tu tem. 

Aí amor, sem você aqui é tão sem graça, volta para mim... Volta para a tua casa!   

Comentários via Facebook

0 comentários:

Postar um comentário

Veja os antigos!

© Biblioteca Lecture • Desenvolvimento com por