4 de fev de 2019
Por Duda Conti

Textinhos da Duda / Morena




Quando te conheci notei algo diferente em você, a forma como você olhava para mim enquanto nossos amigos jogavam conversa fora numa mesa de um boteco qualquer me mostrava um ar de mistério, como se você estivesse guardando um enorme segredo e eu fosse a pessoa certa para escutá-lo. 

Eu não lembro de muita coisa, nem como tudo realmente aconteceu, eu só sei que quando dei por mim já era amor. Eu estava completamente entregue, eu era completamente seu morena, em toda a minha vida ninguém nunca fez tanto barulho no meu coração como você fez e ainda faz. E por favor, continue fazendo, quero que você seja uma escola de samba inteira batucando em mim, eu quero é ver você dançar em mim. 

Foi assim morena, chegou aos pouquinhos sem pedir licença e quando dei por mim tudo aqui já era seu; a casa já era sua, o quarto, até eu que sempre dizia não pertencer a ninguém agora queria me ver algemado em você. Você levou embora toda a tristeza que um dia existiu aqui, fez o sol brilhar de novo e até um arco-íris apareceu, você é a luz em pessoa, a paz, a tranquilidade, a calmaria que eu precisava para os meus dias turbulentos. Você é aquela manhã preguiçosa de domingo que faz a gente não querer levantar mais da cama, a gente só quer dormir de conchinha e se amar o dia inteiro. Você é aquele frio gostoso na boca do estômago que dá quando vejo você chegar, e se soubesse como é bom te ver chegar chegaria correndo todos os dias.  Você é o motivo das minhas noites de insônia, o motivo das minhas preocupações, o porque eu sempre olho pro celular. Você é o motivo da minha ansiedade atacar por medo de perder você, mas também é o motivo que me acalma quando isso acontece. Meu amor, você é tantas coisas que eu nem consigo finalizar esse parágrafo, e ele seria o maior parágrafo das histórias dos parágrafos se eu fosse escrever tudo o que você significa para mim, então vou resumir: Você é minha vida morena! 

Eu nunca vi ninguém fazer tanto barulho no meu coração. 


Comentários via Facebook

2 comentários:

  1. Olá Duda!!!
    Sabia que esse textinho seu tem um tom de musicalidade??
    Adorei a forma que ele foi trazido e sério parecia que tava ouvindo alguém cantar ele.

    lereliterario.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Antonia fico muito feliz que tenha gostado... Beijão ❤️

      Excluir

Veja os antigos!

© Biblioteca Lecture • Desenvolvimento com por