30 de jul de 2015
Por Nathália Bastos

A Rainha Vermelha / Victoria Aveyard

Título: A Rainha Vermelha
Autora: Victoria Aveyard 
Editora: Seguinte
Páginas: 419
Avaliação: 5/5
Sinopse: O mundo de Mare Barrow é dividido pelo sangue: Vermelho ou Prateado. Mare e sua família são vermelhos: plebeus, humildes, destinados a servir uma elite prateada cujos poderes sobrenaturais os tornam quase deuse.
Mare rouba o que pode para ajudar sua família a sobreviver e não tem esperanças de escapar do vilarejo miserável onde mora. Entretanto, numa reviravolta do destino, ela consegue um emprego no palácio real, onde, em frente ao rei e a toda a nobreza, descobre que tem um poder misterioso... Mas como isso seria possível, se seu sangue é vermelho?
Em meio ás intrigas dos nobres prateados, as ações da garota vão desencadear uma dança violenta e fatal, que colocará príncipe contra príncipe - e Mare contra seu próprio coração.

   Gente amei ler esse livro, épico com uma pitada de romance, uma estória com muitos mistérios e reviravoltas, te faz sofrer, torcer e até mesmo querer levantar para gritar juntos. A Rainha Vermelha veio para mexer com os leitores e chamar atenção do mundo inteiro com sua estória super intrigante e revolucionária. 

"Se levantam, Vermelhos como a aurora".


   Em mundo onde a classe social é dividida pela cor dos sangues, Vermelhos e Prateados. Onde os Vermelhos estão condenados á trabalho pesados, lutando pela sobrevivência, os Prateados vivem de riqueza, sendo eles os nobres e raleza. Mare é uma garota de 17 anos, vermelha, plebeia, ou seja, um nada. Para sobreviver e ajudar sua família, Mare rouba dos outros para dar a sua família o que comer.

   Sem emprego e prestes a completar 18 anos, Mare sabe que acabará na guerra assim como seus irmão mais velhos, pois todos os vermelhos que não possuem emprego e nem uma formação são destinados a serem levados a frente de batalha. 

   Em uma noite comum, Mare sai as ruas para roubar, até ser surpreendida por cara, que foi gentil e bondoso com ela. No dia seguinte Mare consegue um emprego no palácio, graças por estar livre de ser mandada para a guerra e assim ajudar sua família. Mas nem tudo vai bem, quando de repente, diante de todo o reino, de forma inexplicável acaba revelando que Mare, uma vermelha, possui poderes de controlar a energia, algo que nem ela mesmo sabia que tinha. 

   A Realeza, de forma a não revelar a verdade sobre Mare, com medo de uma repercussão tanto dos Prateados, tanto dos Vermelhos, decidem colocar uma farsa nessa estória toda, dizendo que Mare é na verdade uma Prateada que foi criada com os Vermelhos, para que a rainha e o rei possam sempre vigiar Mare, ela acaba ficando noiva do príncipe mais novo, Maven, mas Mare descobre que o cara que ajudou ela mudar a sua sorte, na verdade é o Príncipe Herdeiro Cal, no qual também possui afeição por ele.

"Tanto quanto eu queira ficar aqui, parar o tempo e fazer com que esse momento dure para sempre, eu sei que isso não é possível. O que quer que eu sinta ou pense, Cal não é o príncipe a quem eu estou prometida. E mais importante, ele está do lado errado. Ele é o inimigo. Cal é proibido."

   Mesmo tudo sendo difícil para Mare, morando no palácio, longe da família e ainda vivendo numa farsa, Mare acaba vendo tudo isso como uma oportunidade. Aproveitando a posição de onde se encontra, Mare se une ao grupo de Vermelhos revolucionários, a Guarda Escarlate, onde luta por um mundo melhor e liberdade dos povos Vermelhos. Mas mesmo assim nada é fácil para ela, Mare acaba ficando dividia entre lealdade com seu povo ou com o seu coração, mas no fim ela descobre quem não se pode confiar em ninguém, nem mesmo ao seu coração.

"Todos podem trair todos"

   A escrita da autora é bem cativante e super viciante de modo que até as frases do livro ficam marcados na sua cabeça. A estória é narrado em primeira pessoa, te prende do início ao fim, você não consegue largar o livro pra nada de modo que te deixa louca pra saber o final. Amei o livro e super recomendo, e esse livro tem tudo para entrar na lista dos mais lidos no mundo inteiro.

A Editora Seguinte já divulgou a capa do segundo livro intitulado "Glass Sword" que segundo o "google tradutor" signifique "Espada de Vidro", mas ainda não sabemos se vai seguir essa tradução. Seu lançamento está previsto para Fevereiro de 2016 nos exterior e provavelmente a Ed. Seguinte fará um lançamento simultâneo aqui no Brasil. Os direitos para adaptação cinematográficas também foram comprados. Agora nos resta esperar ;)

Deixo com você a capa e a sinopse do segundo livro. 





   
Sinopse: Se há uma coisa que Mare Barrow sabe é que ela é diferente. O sangue de Mare Barrow é vermelho — a cor da gente comum— mas suas habilidades Prateadas, o poder de controlar relâmpagos, tornaram-na uma arma que a corte real tenta controlar. A coroa aponta ela como algo impossível, uma falsificação, mas enquanto ela escapa de Maven, o príncipe — o amigo — que a traiu, Mare descobre algo surpreendente: Ela não é a única diferente. Procurada por Maven, agora um vingativo rei, Mare começa uma busca para encontrar e encontrar outros Vermelhos Prateados que se unam a luta contra seus opressores. Mas Mare encontra a si mesma em uma jornada mortal, com o risco de se tornar exatamente o tipo de monstro que ela tenta destruir. Ela vai quebrar com o peso das vidas que a rebelião custará? Ou a deslealdade e traição endureceram ela para sempre?
   
   


Resenha feita pela Nathy.
   


Comentários via Facebook

0 comentários:

Postar um comentário

Veja os antigos!

© Biblioteca Lecture • Desenvolvimento com por