18 de mar de 2016
Por Nathália Bastos

A Estrela Que Nunca Vai Se Apagar/ Esther Earl com Lori e Wayne Earl

Título: A Estrela Que Nunca Vai Se Apagar
Autora: Esther Earl com Lori e Wayne Earl
Páginas: 437
Editora: Intríseca
Avaliação: 5/5
Sinopse: Diagnosticada com câncer de tireoide aos doze anos, Esther Grace Earl era uma adolescente talentosa e cheia de vida. Fazendo jus ao nome, que em persa significa “estrela”, ela marcou todos em seu caminho com sua generosidade, esperança e altruísmo enquanto enfrentava com graciosidade o desgaste físico e mental causado pela doença. Filha, irmã e amiga divertida, alto-astral e inspiradora, Esther faleceu em 2010, logo após completar dezesseis anos, mas não sem antes servir de inspiração para milhares de pessoas por meio do seu vlog e dos diversos grupos on-line de que fazia parte.
Esta é uma biografia única, que reúne trechos de diários, textos de ficção, cartas e desenhos de Esther. Fotografias e relatos da família e de amigos ajudam a contar a história dessa menina inteligente, astuta e encantadora cujos carisma e força inspiraram o clamado autor John Green a dedicar a ela sua obra best-seller A culpa é das estrelas.

 Eu nunca fui muito fã de biografias, sempre me pareceram chatas e sem graça. Mas, na época em que A culpa é das estrelas ficou famosa e eu descobri que John usou uma garota como inspiração pra criar a Hazel eu decidi pesquisar mais sobre ela. Foi quando vi que havia sido lançada uma biografia sobre a vida dela e eu, por coincidência, acabei ganhando de aniversário de uma amiga. E posso afirmar que foi um dos livros que eu mais chorei lendo.

Como toda biografia, o livro fala da vida de Esther Earl, mesclando partes da sua infância com o descobrimento do câncer e sua vida a partir daí. Esther foi uma menina muito carinhosa, sonhadora, criativa e muito inteligente. Lendo sua biografia você se sente parte da família, sente como se fosse próxima de Esther e compartilha do medo e das inseguranças que ela tinha. Você acaba sendo a Esther.

“Continuo achando que perdê-la é uma injustiça intolerável. E queria que ela tivesse lido A culpa é das estrelas. Fico surpreso que o livro tenha encontrado um público tão grande, mas a pessoa que eu mais queria que o tivesse lido nunca o fará.” Introdução pag. 18

O livro conta com muitos trechos retirados dos seus diários e ilustrações feitas pela própria Esther. Não é cansativo e tem aquele “que” de suspense. Ao final eu chorei igual um bebê recém-nascido, mesmo sabendo que ela morreu não queremos chegar à parte do livro em que lemos isso.

Indico para qualquer pessoa, para aquelas que pedem “indica uma biografia” ou aquelas que falam “que livro você me indicaria”, nas duas hipóteses eu iria indicar “miga, lê A estrela que nunca vai se apagar”.

Esther foi uma inspiração para John Green. Deixe-a ser uma inspiração para você também.



Beijinhos <3 


Post feito pela Duda Conti.


Post válido para Top Comentarista de Março

Comentários via Facebook

11 comentários:

  1. Quando estava lendo a Sinopse, realmente me lembrei da Hazel Grace.
    Fiquei muito interessado nesse livro.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Este comentário foi removido pelo autor.

      Excluir
    2. A personalidade da Esther com certeza está muito presente na personagem Hazel, você vai gostar muito de conhecer um pouquinho do que foi a vida dela. <3

      Excluir
  2. Conheço o livro mas ainda não tive oportunidade de ler, também não gosto de biografias mas nós sabemos que essa vale a pena, pretendo ler.

    ResponderExcluir
  3. Olá...
    Quando soube que Esther foi a inspiração para John Green criar a querida Hazel Grace, fiquei super curiosa para ler este livro, porém ainda não tive oportunidade de adquiri-lo... Mas com certeza será uma das minhas próximas aquisições e tenho certeza que vou me emocionar muito com a leitura!!!
    Beijinhos...

    ResponderExcluir
  4. Eu não li esse livro e nem assisti o filme porque fico muito sensibilizada com a história, principalmente por ser história real. Eu sou muito chorona. Já passo longe, mas sei que a história é linda :)

    www.vivendosentimentos.com.br

    ResponderExcluir
  5. Quando li A culpa é das Estrelas fiquei doida por esse livro. Há algum tempo atrás ele estava bem baratinho no Submarino e aproveitei para comprar.Nunca fui muito fã de biografias, mas resolvi tentar. Li algumas páginas e a leitura simplesmente não emplacou... achei meio enfadonho e acabei abandonando a leitura. Qualquer dia vou tentar recomeçar...

    Beijos!!

    ResponderExcluir
  6. Tenho muita vontade de ler esse livro, já ouvi muitos comentários positivos sobre ele, e tenho certeza que vou me emocionar assim como você, ou até mais. Gostei muito da resenha e vou tentar adquirir o livro em breve. Beijo!

    ResponderExcluir
  7. Oi!
    Minha amiga me falou muito sobre esse livro o que me fez ficar muito curiosa para poder ler e mesmo também não gostando muito de biografias fiquei interessada em ler para ser uma historia bem emocionante !!

    ResponderExcluir

Veja os antigos!

© Biblioteca Lecture • Desenvolvimento com por