20 de abr de 2017
Por Nathália Bastos

Primeiras Impressões/ Lacrymosa - Juliana Daglio

Título: Lacrymosa
Autora: Juliana Daglio
Gênero: Dark Fantasy/Terror
Avaliação: 5/5
Sinopse: O nome dela não é Valery Green. Também não nasceu no Kansas, e sua família toda não morreu num acidente de carro onde ela foi a única sobrevivente. Nascida num mundo de trevas e segredos apocalípticos, a garota feita de mentiras luta dia após dia para ter uma vida longe de sua verdadeira identidade e de seu dom misterioso, o qual ela julga como uma maldição. Por cinco anos, ela conseguiu. Escondida na pacata Darkville, tornou-se uma respeitada Detetive, conhecida por sua frieza e eficácia no trabalho. Seu companheiro Axel parece ter orgulho de trabalharem juntos, até ficar frente a frente ao que encontraram na busca daquela noite - um demônio dentro de uma garotinha. Para ajudar a pequena Anastacia, Valery terá que colocar em risco o trabalho na polícia e seu relacionamento com Axel, recorrendo à ajuda do Padre Henry Chastain, um velho conhecido. Desenterrando um passado cheio de exorcismos, perseguições e batalhas contra demônios, esse reencontro não promete ser feito de abraços e boas-vindas. Chas, como ela o chama, é conhecido como o maior Exorcista vivo - a Espada de Sal do Vaticano, e é sua única esperança de lutar contra o novo inimigo, mas também representa o ponto fraco de si mesma e o acesso a um passado doloroso que pode despertar seus próprios demônios interiores. 

Juliana tem o dom de me tirar da zona de conforto e me fazer experimentar os mais variáveis gênero de leitura, eu jurava que nunca leria algo relacionado a terror ou algo assustador (sou medrosa mesmo kk), mas o que a gente não faz pela sua autora/parceira preferida né. 

Essa leitura, por mais que foi apenas poucas páginas já me possuiu de maneira assustadora ao qual volto aquela campanha #LacrymosaNaDarkSide, pois esse livro merece uma casa no qual o gênero já o faz jus né. A história é além de hipnotizador, é também uma loucura no qual você fica louca desesperada para saber o que vem a seguir.

Aqui temos mais uma V, essa é Valery, uma garota cujo passado ela insiste em manter enterrado, Valery parace que possui um dom bastante misterioso, um dom ao qual parece que ela pode ver demônios ou algo bem mal possuindo alguem, além disso ela ainda tem visões, onde a leva aos acontecimentos, seja no passado da pessoa possuída ou no exato presente. 

Prazer, Valery Green, a garota feita de falhas. Remendada, Tentando salvar um pouco do resto de vida de dentro de si.

Algo bem terrível aconteceu com sua vida a ponto de abandonar sua vida antiga e sua família, se transformar em outra pessoa e seguir dali com uma nova história. Ela conseguiu ficar cinco anos escondida, cinco anos se passou e hoje é uma renomada detetive. Até que em um caso a obriga a desenterrar seu sombrio passado para ajudar uma garotinha de 5 anos que foi possuída. 


O mais intrigante nesse enredo é o fato do suspense tomar conta desde as primeiras páginas, mostrando logo de início que possui um grande segredo e quando vir a tona, pode muito bem não ser muito bem recebido. Narrado em primeira pessoa, mostrando ponto de vista da Valery e também do Padre, um personagem importante na trama, esse livro fará você ficar vidrado, literalmente, com a trama de Valery. Algo que é do feitio da escrita da Juliana, ela sempre consegue fazer com que o leitor se torne a personagem, fazer com que nós leitores, adentramos no cenário e nos colocamos na pele dos personagens. Mas, quero logo te deixar um aviso, se você for do tipo medrosa(o), não leia a noite, quase tive pesadelo kkk, mas o que quero dizer é: tudo parece estar acontecendo com você, e não vai conseguir largar até saber o final. 

Mas no meu caso, eu não sei o final, e nem sei o que esperar desse final, se tornou imprevisível, mas essa leitura irá te possuir. Li apenas alguns capitulos e ela terminou no momento mais tenso da história, tudo isso pra acabar comigo mesmo kkk. 

Ainda não há previsão de lançamento, até o momento Lacrymosa não tem sua casa, mas estamos todos na torcida e na campanha para que a Editora DarkSide seja a sua casa (ou seria, Mansão Mal Assombrada), só posso te dizer que é uma leitura super indicada, principalmente para quem é fã da série Supernatural e porque você não perderá nada (acredite, não vai perder sua alma aqui não ta), pois a Juliana é uma talentosa em tudo que faz. 

Deixo aqui aquele trechinho trevoso pra vocês 😁

As pessoas pecam e precisa de alguém para responsabilizar e continuar a pecar licenciados pela beleza da negação. Mas na verdade, o demônio não se importa com a música que você ouve, a roupa que você veste, ou com o sexo que você escolher fazer. Ele não cheira as drogas por você, não macula seu corpo com mutilações físicas e psicologicamente para castigá-lo. O demônio senta e observa o que pode reaproveitar em você nas coisas que faz consigo mesmo.

Leia as resenhas das outras obras dela.






Comentários via Facebook

1 comentários:

  1. Nathy, até que enfim fico sabendo um pouco sobre essa história.
    Li e ouvi várias pessoas torcendo para que esse livro seja publicado pela Editora DarkSide.

    A história tem tudo para ser publicado pela Editora.💀

    Fico aqui na torcida também. :)

    ResponderExcluir

Veja os antigos!

© Biblioteca Lecture • Desenvolvimento com por